segunda-feira, 19 de janeiro de 2015

Donos de carros e motos de Timon reclamam dos altos preços cobrados nas placas e da péssima qualidade do material

No município de Timon, na Região dos Cocais, os proprietários de veículos envolvendo carros e motos estão indignados com a péssima qualidade e os altos preços cobrados pelas placas que são fornecidas por uma empresa credenciada junto ao Departamento Estadual de Trânsito – DETRAN/Maranhão.

Como se sabe, houve elevação absurda nos preços das placas. Por exemplo, uma placa de carro custa atualmente o valor de R$ 150,00 e a de moto algo em torno de R$ 116,00. Anteriormente, a placa de carro custava R$ 110,00, já a de moto era R$ 60,00. Diante disso, percebe-se que o aumento foi exorbitante. E, além do mais, segundo os denunciantes, as placas quando eram mais baratas tinham uma melhor qualidade em comparação as que são fornecidas nos dias atuais.

Dois tipos de placas para carros também de péssima qualidade

“A reclamação é geral de todos os proprietários de carros e motos. Essas placas confeccionadas por uma parceria da Associação de Proteção aos Detentos e o DETRAN-MA, e uma empresa citada apenas por UTSCH Brasil deixa a desejar na qualidade e nos preços absurdos. Uma vergonha as placas soltam as películas e são meramente gambiarras”, disse ao Blog Ademar Sousa, um proprietário de veiculo que não quis se identificar temendo represálias.

Dois tipos de placas de péssima qualidade

Por outro lado, supostamente há informações de que existe um esquema por trás disso. Pelo menos dois políticos famosos ligados à ex-governadora Roseana Sarney controlavam esse sistema de facilidade e faturamento com a majoração das placas.

Neste sentido, esses proprietários de carros e motos questionam se o governador Flávio Dino (PCdoB) vai continuar aceitando essa molecagem no DETRAN-MA?

Nenhum comentário:

Postar um comentário