quinta-feira, 19 de fevereiro de 2015

MARANHÃO: Humberto Coutinho sinaliza por aproximação com Roberto Costa

Da coluna Estado Maior, do jornal O Estado do Maranhão

Deputados Roberto Costa e Humberto
Passada a folia de Momo, as atenções da Assembleia Legislativa voltam-se para o jogo das comissões parlamentares.

Até o momento, o que está acordado na AL é que o Bloco Parlamentar Democrático – com 10 deputados -, liderado por Alexandre Almeida (PTN), indicaria dois membros para cada comissão. Já o Blocão – o maior da Casa, com 22 parlamentares -, teoricamente, indicará quatro.

O bloco União Parlamentar, encabeçado por Josimar de Maranhãozinho (PR) – com seis deputados – indicaria um. O PMDB – com quatro integrantes, pelo coeficiente de 0,666, ficaria só com as sobras das comissões menos importantes, pois não tem número para assegurar uma vaga.

A coluna apurou que o presidente da Casa, Humberto Coutinho (PDT), pretende dar uma vaga para o PMDB na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), o que sinaliza um acordo com o deputado Roberto Costa. Como só existem sete vagas por comissão, o Blocão do governo correria o risco de ficar só com três assentos.

O Palácio já teria convocado o líder do Bloco Democrático, Alexandre Almeida, para resolver a lacuna na CCJ. É dado como certo que uma das duas vagas do bloco na comissão será de Adriano Sarney (PV). A outra seria de Almeida e a do PMDB, de Max Barros.


Com as peças se movimentando, o jogo promete esquentar daqui para frente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário