sexta-feira, 13 de março de 2015

Prefeitura de Timon quer empréstimo de R$ 11,3 milhões

Secretário de Planejamento, Sebastião Carlos
Os vereadores de Timon estiveram reunidos com o secretário municipal de Planejamento, Sebastião Carlos, para discutir o pedido de empréstimo que a Prefeitura de Timon pretende obter junto à Caixa Econômica Federal para o aprimoramento da gestão tributária do município. Para que a proposta seja apresentada à Caixa é necessária a aprovação do Poder Legislativo. O secretário de Cultura, Lázaro Martins, também participou do encontro no gabinete do presidente da Câmara Municipal, Uilma Resende.

O pedido deveria ter sido votado na sessão de quarta-feira passada, dia 11, mas o vereador Tales Waquim pediu que fosse adiado porque queria detalhes sobre o prazo de pagamento e o valor das parcelas. Na reunião, o secretário explicou que o que seria votado era apenas a autorização para que o município pleiteasse o empréstimo. “O valor da parcela e o número delas será definido apenas quando iniciarmos a negociação com a Caixa. Podem ser até 72 parcelas, com carência de dois anos, mas o número delas dependerá da capacidade de pagamento do município. O ideal é que sejam menos”, frisou o secretário.

Ele explicou ainda que a taxa de juros também será definida na negociação do empréstimo e será sempre menor se o número de parcelas for menor do que as 72 previstas no teto da linha de financiamento. Outro fator importante é que o empréstimo terá que ser direcionado obrigatoriamente para o seu propósito, não podendo ser usado para outra finalidade. “Não podemos, por exemplo, adquirir caminhões para a coleta de lixo. A finalidade do aprimoramento da gestão tributária é que se presume que a arrecadação vai melhorar”.

Os recursos poderão ser aplicados na reforma da estrutura física da máquina arrecadadora, na aquisição de equipamentos, na compra de softwares, na capacitação e treinamento dos servidores, na compra de móveis e utensílios, na atualização do cadastro dos contribuintes e no setor de tecnologia da informação. 

                                                                             

Nenhum comentário:

Postar um comentário