quarta-feira, 27 de maio de 2015

Deputada Andrea Murad diz temer pelo fim do Programa Viva Água

Deputada Andrea Murad, do PMDB
Na sessão plenária e em entrevista à emissora de rádio em São Luís (MA), a deputada Andrea Murad (PMDB) criticou o fim do programa Viva Luz e teme que o governo encerre outros programas como o Viva Água, também criado pelo Governo Roseana.

Na tribuna, a parlamentar disse que o governo do Estado prejudicou imensamente a população de baixa renda, retirando o benefício sem aviso prévio e que já a partir desse mês foi surpreendida com a cobrança na conta de energia elétrica. O programa foi criado em 2009 e vinha funcionando até o decreto (nº 30.701, de 6 de abril de 2015) do governador Flávio Dino (PCdoB), dando fim ao Viva Luz.

"Flávio Dino não tem noção do impacto que causou na vida de mais de 30 mil famílias. Ele simplesmente corta, não dá satisfações aos beneficiados e fica tudo por isso mesmo. Moradores de centenas de municípios maranhenses foram prejudicados, cerca de 150 mil pessoas de baixa renda atingidas, milhares de famílias que eram isentas de pagar a conta de energia. Talvez para muitos, o valor não interessa R$ 30,00 ou R$ 40,00, mas para cidadãos em situação de pobreza e que precisam, isso importa demais", discursou a deputada.

A deputada chamou atenção para forma brusca com que o benefício foi retirado da população carente. Para Andrea Murad, com as dificuldades econômicas e o desemprego, não é momento para que o povo seja pego de surpreso principalmente quando o assunto é o financeiro. Em entrevista à rádio AM, lamentou profundamente que milhares de famílias em situação de pobreza tenham que voltar a pagar a tarifa.

"É uma completa insensibilidade o que o governador Flávio Dino fez, numa atitude que demonstra total contradição com o seu discurso de ajudar a população carente de nosso estado. Não há qualquer justificativa para tirar do povo o benefício, a não ser o de perseguir ou desmontar tudo que foi feito até hoje. Temo agora que Flávio Dino também acabe com o Viva Água, outro benefício que isentava famílias, no mesmo perfil de vulnerabilidade, de pagar a conta de água", disse Andrea Murad. Fonte: Ascom/Deputada Andreia Murad










Nenhum comentário:

Postar um comentário