segunda-feira, 25 de maio de 2015

Pesquisa aponta Alexandre Almeida com 43,5% das intenções de votos em Timon

O deputado Alexandre Almeida é o primeiro colocado em todos os cenários analisados pelo Instituto Amostragem, em levantamento realizado no final de abril

O Estado - O deputado estadual Alexandre Almeida (PTN) lidera a disputa pela Prefeitura de Timon, segundo pesquisa do Instituto Amostragem. A pesquisa, realizada entre os dias 18 e 21 de abril de 2015, simulou diversos cenários possíveis para a sucessão municipal. Em todos eles a liderança é do deputado Alexandre Almeida.

Alexandre Almeida, Luciano Leitoa, Socorro Waquim e Danísio Marabuco

O primeiro cenário simulado pelo Instituto Amostragem identifica, além de Alexandre Almeida, mais três possíveis candidatos à prefeitura de Timon: o atual prefeito Luciano Leitoa (PSB), o vice­-prefeito Danísio Marabuco (PC do B) e a ex-­prefeita Socorro Waquim (PMDB). Neste cenário mais amplo, a pesquisa aponta a liderança de Alexandre Almeida com 43,5% das intenções de voto, seguido pelo atual prefeito, com 27,5%, 16 pontos a menos. Em terceiro, aparece a ex­-prefeita Socorro Waquim, com 12,25% e em quarto o médico Danísio Marabuco, com 4,75%.

Alexandre Almeida amplia a vantagem em relação ao atual prefeito Luciano Leitoa quando a pesquisa simula um cenário onde apenas os dois estão envolvidos. Numa eventual disputa somente entre os dois, a vantagem de Alexandre Almeida seria de 23,5 pontos, que alcançou 54,5% das intenções de votos, contra apenas 31% do atual prefeito.


A pesquisa ouviu 400 eleitores de 37 bairros de Timon, entre os dias 18 e 21 de abril de 2015. O nível de confiança em amostragem probabilística da pesquisa é de 95% e a margem de erro é de até 4,8% para mais ou para menos.

Crescimento - De acordo com os dados colhidos nesta pesquisa, o deputado Alexandre Almeida cresceu em relação à última, realizada nos dias 14 e 15 de março.

Naquele levantamento, o deputado aparecia com 36,5% das intenções de votos, no cenário com quatro candidatos, seguido pelo atual prefeito com 31,25%, pela ex­-prefeita Socorro Waquim com 10,75% e Danísio Marabuco, com 8,5%. De lá para cá, ele cresceu 7 pontos e o prefeito caiu 3,75.
A diferença é ainda maior quando analisado o cenário em que Alexandre Almeida disputa apenas com Luciano Leitoa.

Em março, ele tinha 47,25%, contra 34,5% de Leitoa. Agora Alexandre subiu 7,25 pontos e tem 54,5% das intenções de voto e o atual prefeito caiu 3,5 pontos e surge com 31%, o que amplia a vantagem de Alexandre de 12,75 pontos em março, para 23,5 pontos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário