segunda-feira, 18 de maio de 2015

PMT retoma obra em estrada da zona rural após duras críticas do vereador Antônio José Lira

Com 100 dias de atraso, asfaltamento da Estrada da Taboca do Pau Ferrado, que interliga diversos povoados na região, foi retomado

Vereador Antônio José Lira (DEM)

Vinte quatro horas depois de ter feito duras críticas à Prefeitura de Teresina na tribuna da Câmara Municipal sobre atraso nas obras de asfaltamento na zona rural, o vereador Antônio José Lira (DEM) teve seu pedido atendido pelo Executivo. O democrata retornou ao local e constatou que os trabalhos tinham reiniciado.

Antônio José Lira constatou que o prazo da construtora que venceu a licitação na Prefeitura para asfaltar o trecho de 1 km que interliga a Taboca do Pau Ferrado ao Loteamento Panorama havia vencido. "A empresa tinha 90 dias para concluir essa via, mas já completou 100 dias e os trabalhos ainda não haviam começado. Fui à tribuna cobrar a conclusão dessa obra tão importante pra zona rural que era pra ter iniciado em fevereiro", explica o vereador.

Após ter levado o caso à tribuna da CMT, Antônio José Lira foi informado pela comunidade local que as máquinas iniciaram a preparação do terreno para receber o asfaltamento.

"Mesmo com esse atraso, devo agradecer a disposição do Superintendente de Desenvolvimento Rural (SDR), Paulo Lopes, que tem atendido nossos pedidos que, na verdade, beneficiam a população da zona rural que sonhou com esse asfalto", disse o democrata. "Retornarei todos os dias para fiscalizar essa obra", acrescenta.

PMT descumpre Lei

Na semana passada, Antônio José Lira exigiu que a Prefeitura de Teresina cumprisse a Lei e suspendesse o contrato com empreiteiras e construtoras que realizam serviços em ruas e avenidas da capital, mas não deixam as vias nas mesmas condições de trafegabilidade. O democrata citou o atual estado da Estrada das Sete Ladeiras, que apresenta buracos e desníveis na pista, o que causa acidentes envolvendo motoristas e motociclistas. Fonte: CMT

Nenhum comentário:

Postar um comentário