segunda-feira, 11 de maio de 2015

Rafael Leitoa defende parceria para melhorar área da saúde de Timon

Autoridades de Timon

Um dia após a visita da Comissão de Obras e Serviços Públicos da Assembleia Legislativa a Timon, representantes do Ministério Público, Prefeitura de Timon e membros da Secretaria Estadual de Saúde – SES, visitaram a cidade com o intuito de solucionar a crescente demanda no atendimento de emergência, cirurgias e internações.

Acompanhados pelo deputado Rafael Leitoa (PDT), os promotores de Justiça Antônio Borges e Giovanni Papini, a Subsecretária de Saúde, Rosângela Curado, a Gestora Regional de Saúde, Graça Medeiros e o Secretário Municipal de Saúde, Márcio Sá, o grupo discutiu com a direção do Hospital Vitória, localizado no Parque Piauí, propondo uma parceria com o governo do estado, para que o hospital sirva de retaguarda para a UPA de Timon.

Segundo informações do deputado Rafael Leitoa, um dos defensores dessa parceria, o Hospital Vitória é uma referência local em termos de qualidade e estrutura. Composto por 10 leitos de UTI, quatro Centros Cirúrgicos, vários leitos de internação, tanto enfermaria, quanto apartamento, laboratório e centro de diagnósticos por imagem.

Rafael lembrou que há vários dias vem mantendo contato com o secretário Marcos Pacheco  e equipe, buscando que a parceria se concretize, tornando o Hospital Vitória uma unidade de retaguarda aos atendimentos de emergência na UPA. Assim, a Unidade de Pronto Atendimento de Timon, servirá como centro de triagem aos pacientes com destino ao Hospital Vitória.

“Na visita da Comissão de Obras, solicitada por mim, na última quinta-feira, constatamos que a reforma do Hospital Regional Alarico Pacheco ainda levará um tempo para ser concluída, prejudicando o atendimento de toda Regional de Saúde, que atende pacientes de Timon, Matões, Parnarama e São Francisco do Maranhão. Essa parceria com o Hospital Vitória, assim como o retorno do atendimento de pacientes maranhenses em Teresina, será de grande valia para a população do Leste Maranhense”, constatou Rafael Leitoa. Fonte: Assecom/Gab.Deputado Rafael Leitoa



Nenhum comentário:

Postar um comentário