segunda-feira, 20 de julho de 2015

PSB não vai entregar cargos no governo de Edivaldo Holanda Júnior

Senador Roberto Rocha (PSB/MA)
Apesar da recomendação para que membros do PSB entreguem os cargos que estiverem ocupando no governo de Edivaldo Holanda Júnior (PTC), nenhuma modificação deve ocorrer na administração municipal. Dois secretários são indicações dos socialistas: Marco Aurélio Diniz (Meio Ambiente) e Aldo Rogério (Abastecimento, Pesca e Agricultura). Vale lembrar que além destes, o líder do governo é Osmar Filho também filiado na sigla.

O fato é revelado pelo senador Roberto Rocha (PSB), que diz não ter participado da reunião da executiva estadual e não concorda com a decisão prematura de entrega dos cargos, porém existe sim uma tendência que o partido tenha candidato própria a prefeito e ele é um dos nomes prontos para entrar na disputa.

“Não tenho nenhuma pressa para tratar disso. Estamos muito longe do processo eleitoral, há um ano das convenções”, argumentou Roberto Rocha.
O socialista lembra que a entrega de cargos ficou de ser discutida e esse assunto é de interesse exclusivo do diretório municipal.

O senador ainda contou que nesta segunda-feira (20), vai haver uma reunião do diretório municipal do PSB para discutir a formação da executiva, a única certeza por enquanto é Roberto Rocha na presidência e Bira na vice. Provavelmente o tema sobre cargos na administração municipal não vai entrar na pauta.

Vale lembrar que a decisão do PSB favorece mais Edivaldo e prejudica Eliziane Gama (PPS), que tinha como certo o apoio da legenda em 2016.


Nenhum comentário:

Postar um comentário