sexta-feira, 17 de julho de 2015

Teresina e Timon vão ganhar duas novas pontes sobre o Rio Parnaíba

As obras serão fruto de parceria entre o Piauí e o Maranhão beneficiando as populações de Teresina e Timon


Uma parceria entre as prefeituras de Teresina e Timon, além dos governos dos estados do Piauí e Maranhão poderá viabilizar a construção de duas novas pontes sobre o Rio Parnaíba, além da construção de um novo anel viário para retirar parte do tráfego de caminhões dos centros das duas cidades. A parceria foi proposta ontem (16) durante encontro do prefeito Firmino Filho com o prefeito de Timon, Luciano Leitoa e os governadores Wellington Dias, do Piauí e Flávio Dino, do Maranhão, no Palácio de Karnak.

“Trata-se de um projeto importante para Teresina e Timon, uma vez que as duas cidades já enfrentam problemas de tráfego com a circulação de caminhões pela zona urbana”, disse o prefeito Firmino filho ao manifestar integral apoio á iniciativa. O encontro serviu também para a definição de estratégias para a recuperação de uma das alças de acesso da Ponte da Amizade, que apresenta uma fratura.

Pela proposta deverá ser construído um anel viário para retirar os caminhões do centro da cidade de Timon. O projeto de R$ 80 milhões contempla a construção de uma ponte sobre o Rio Parnaíba para fazer a ligação do anel viário de Timon com o Rodoanel que está em construção na BR-316, em Teresina.
Governadores Flávio Dino e Wellington Dias no Palácio de Karnak, em Teresina


O governador Wellington Dias sugeriu a busca de uma parceria público privada para a execução do projeto. A PPP seria viabilizada pela cobrança de pedágio no novo trecho. Os proprietários de veículos de Timon e Teresina estariam protegidos contra a cobrança do pedágio.

O governador Flávio Dino informou que a alça da Ponte da Amizade será recuperada nos próximos dias e que está disposto a buscar recursos junto ao Governo Federal para o projeto do anel viário. O prefeito Luciano Leitoa propôs a construção também de uma nova ponte sobre o rio Parnaíba na altura da Alameda Parnaíba, considerando o crescente aumento no tráfego de veículos entre as duas cidades. Fonte: Semcom/Teresina

Um comentário:

  1. Acho q essas pontes vão ser vistas pelos meus tataranetos se elas saírem do papel, é só mais uma forma dos nossos governantes meterem a mão em nossa grana superfaturando as obras.

    ResponderExcluir