sexta-feira, 8 de janeiro de 2016

Atraso no repasse de verbas dificulta pagamento de alguns servidores

Secretário de Saúde
O atraso no envio de recursos federais tem comprometido a folha de pagamento de alguns servidores. De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, a gestão tem encontrado bastante dificuldade de atualizar o salário de seus profissionais.

Desta forma, servidores que fazem parte de programas federais como: PSF (Programa Saúde da Família), PSB (Programa Ed Saúde Bucal), NASF (Núcleo Saúde da Família) e ACS (Agentes Comunitários de Saúde) encontram-se como seus salários em atraso.

A prefeitura tem tentado resolver a questão, utilizando recursos de outras áreas, para tentar atualizar a folha de alguns desses servidores, que dependem do repasse que não está entrando. É o caso dos funcionários que compõem o SAMU, a Farmácia Popular e os Agentes de combate às endemias (ACE), que tiveram os seus salários atualizados com recursos próprios da Administração Municipal.


“Infelizmente, o município não tem como arcar com 100% da folha de seus servidores, já que não se possui autonomia financeira e existe essa dependência das transferências dos recursos federais. Houve casos, em que a prefeitura arcou, com recursos próprios, com o pagamento total da folha de alguns servidores, mas há a necessidade dos repasses para conseguir honrar todos os salários. Além do atraso, essa incerteza prejudica a administração, porque não sabemos exatamente quando e quanto vamos receber em cada mês. Ou seja: são recursos insuficientes e fora de prazo. É um desafio que temos que superar todo dia”, falou o secretário de saúde Marcio Sá.

Um comentário:

  1. Como a matemática é sempre exata, fica muito fácil de resolver mais essa situação, basta a nossa ilustre presidenta Dilma cumprir o que prometeu, "corte na carne". Só assim começara a sobrar mais dinheiros para serem repassadas para pessoas que realmente trabalha, parar de bancar tantos políticos que só estão ali pra preencher cadeira e receber seus ricos salário no final do mês.

    ResponderExcluir