sexta-feira, 8 de janeiro de 2016

Crise: Coelho Neto cancela Carnaval e prioriza pagamento de servidores

      Prefeito Soliney Silva reúne equipe econômica para discutir a crise econômica que afeta os municípios

Durante reunião com a equipe de governo realizada na quinta-feira (07), o prefeito de Coelho Neto, Soliney Silva (PRTB), anunciou oficialmente o cancelamento do Carnaval 2016. A medida foi tomada após o déficit constatado nas contas do município provocado pela deficiência dos repasses feitos pelo Governo Federal ao longo do ano passado.

Soliney Silva disse que a realização da festa ficou inviabilizada devido ao comprometimento nas finanças municipais causado pelas constantes quedas do Fundo de Participação dos Municípios - FPM.

“Os carnavais de Coelho Neto ao longo de todo o meu mandato foram os maiores do município e tínhamos o apoio da ex-governadora Roseana Sarney. Como não somos aliados do atual governador Flávio Dino, a cidade não conta com qualquer incentivo do Governo do Estado e, por isso, optamos por manter a regularidade do pagamento dos servidores como prioridade”, disse ele.

Silva destacou que a crise é uma realidade que atinge as três esferas, mas que a opção é buscar meios para enfrentar a problemática. “O Governo Federal está quebrado, o Estado do Rio de Janeiro com todas as suas riquezas, por exemplo, enfrenta graves dificuldades e, consequentemente, o mesmo ocorre com municípios como o nosso que dependem das transferências da União. Nossa equipe tem se reunido frequentemente para que ainda nessa primeira quinzena de janeiro possamos anunciar as principais medidas para corte de gastos e, com isso,  garantir otimização dos nossos recursos”, explicou o prefeito Soliney Silva.

Nenhum comentário:

Postar um comentário