segunda-feira, 29 de fevereiro de 2016

TIMON: Ministério Público do MA lança projeto social baseado na prática de judô

   Execução do projeto foi acertada em reunião na sede do IFMA

O Ministério Público do Maranhão, o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (IFMA), e a Prefeitura de Timon lançam nesta terça-feira, 1° de março, o projeto “Lutar e vencer”. Voltado para crianças e adolescentes de sete a 14 anos, o projeto objetiva contribuir para a formação cidadã dos estudantes, estabelecendo uma parceria com as famílias.

O lançamento da campanha acontecerá às 8h, na quadra de esportes do IFMA – Campus Timon, local onde também serão realizadas as atividades do projeto. A campeã olímpica Sarah Menezes estará presente no evento.

Inicialmente, o “Lutar e vencer” contemplará 30 estudantes da Escola Municipal Anjo Gabriel, localizada próxima ao insituto. Há previsão de expansão para o atendimento de pelo menos 50 estudantes da unidade e a seleção será feita com base no desempenho escolar.

De acordo com o promotor de justiça Francisco Fernando de Morais Meneses Filho, que é um dos idealizadores, a pretensão é expandir as atividades, alcançando a maior quantidade possível de estudantes e escolas. Além do titular da 3ª Promotoria Criminal, o promotor Eduardo Borges Oliveira, que atua na defesa da infância e juventude, contribui com o projeto.

Além dos treinamentos de judô, inclusive com a participação e realização de campeonatos e competições, o projeto prevê um trabalho de acompanhamento multidisciplinar dos estudantes e suas famílias, que será feito por servidores do IFMA. Educadores físicos, administradores, médicos, enfermeiros, odontólogos e assistentes sociais da instituição de ensino também estarão inseridos no trabalho.

Está prevista, ainda, a realização de palestras sobre temas diversos, voltadas à comunidade. Para os promotores, a iniciativa tem como objetivos prevenir o uso de drogas e a prática de crimes por esses jovens, que estão inseridos em uma das regiões mais violentas de Timon. Fonte: CCOM-MPMA

Nenhum comentário:

Postar um comentário