terça-feira, 29 de março de 2016

TIMON: Ministério Público do MA inicia projeto com cursos para apenados do regime aberto

Teve início no último dia 20 um projeto desenvolvido pela 3ª Promotoria de Justiça Criminal de Timon no qual condenados que estão no regime aberto participam de cursos e palestras. O objetivo dos cursos é oferecer aos apenados orientações para a reinserção na sociedade. Os encontros são mensais e têm carga horária de quatro horas.

De acordo com o promotor Francisco Fernando de Morais Meneses Filho, idealizador do projeto, a iniciativa surgiu da inexistência de uma Casa de Albergado em Timon e reuniu diversas entidades parceiras como o Centro de Ressocialização Jorge Vieira, Fazenda da Paz (que trabalha com a recuperação de usuários de drogas), Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Defensoria Pública. A iniciativa também tem o apoio do juiz Elismar Marques, que atua na área de Execução Penal.

O primeiro curso, realizado no Centro Paroquial de Timon, neste domingo, das 8h às 12h, reuniu 45 apenados e abordou o tema “Desafios para o egresso do sistema prisional”. Os palestrantes foram Victor Hugo Batista Matos (terapeuta ocupacional), Maria de Jesus Cardoso Bezerra (assistente social), Nayane Caroline Alexandre de Carvalho (psicóloga) e Maria do Amparo Nunes de Carvalho (terapeuta comunitária).

Segundo o promotor, a avaliação do projeto, tanto pelos organizadores quanto pelos apenados, foi extremamente positiva nesse primeiro encontro. Já está em planejamento, inclusive, a extensão de eventos dessa natureza para presos que se encontram em liberdade condicional.

De acordo com Fernando Meneses, serão feitos pelo Ministério Público pedidos de regressão de pena para os faltosos. Todos foram notificados e tiveram esclarecimentos sobre as penalidades previstas para o caso de ausência.

Já estão agendados os próximos três cursos: “Orientação vocacional” (24 de abril), “Educação familiar” (22 de maio) e “Como se livrar das drogas” (3 de julho). Fonte: CCOM-MPMA


                                                                               

Nenhum comentário:

Postar um comentário