terça-feira, 31 de maio de 2016

Deputado Alexandre Almeida participa de reunião no BNDES


O deputado Alexandre Almeida (PSD), participou, na manhã de segunda-feira (30), de reunião na sede do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), no Rio de Janeiro. A reunião, com o diretor das Áreas de Infraestrutura Social, Meio Ambiente, Agropecuária e Inclusão Social do banco, José Henrique Paim, teve como objetivo obter informações sobre o andamento do empréstimo aprovado pela Assembleia Legislativa em 2012, no valor de R$ 3,8 bilhões.

Segundo Alexandre Almeida, os recursos oriundos do empréstimo seriam utilizados nas áreas da saúde, educação, segurança pública, desenvolvimento social, entre outras. "São vários  projetos, em Timon, por exemplo, temos o Parque Empresarial, a reforma e ampliação do 11º Batalhão da PM e do hospital Alarico Pacheco, construção de uma escola no Residencial Novo Tempo, construção do presídio e de Centros de Referência de Assistência Social (CRAS), asfaltamento de vias urbanas e a construção de uma Unidade de Segurança Comunitária (USC)", pontuou Almeida.

Ainda segundo o deputado, algumas dessas obras já foram concluídas, porém outras ainda estão em andamento. “Umas das obras que conseguimos aprovar para Timon, mas que até agora não foi iniciada é a Unidade de Segurança Comunitária (USC), um projeto diferenciado na área da segurança, pois além de trabalhar no combate ostensivo ao crime, alia também o trabalha social”, disse Alexandre Almeida.

Durante a reunião, o representante do BNDES garantiu que o projeto de construção da USC em Timon está incluído na relação de projetos encaminhados pelo Governo do Maranhão. “Entendemos que agora cabe ao governo iniciar essa obra que, sem dúvida, vai melhorar o trabalho da Polícia Militar no combate a criminalidade que, infelizmente, tem crescido muito no nosso município”, ressaltou o parlamentar.

“Estou muito satisfeito e aliviado com as respostas que obtive do BNDES, entendo que a minha função como deputado estadual é viabilizar os recursos e cobrar a aplicação dos mesmos para que as obras sejam realizadas”, finalizou Almeida.   Fonte: AsCOM/Dep. Alexandre Almeida


Nenhum comentário:

Postar um comentário