terça-feira, 10 de maio de 2016

TIMON: Saúde destaca trabalho da VISA no município


A área de Vigilância em Saúde (VISA) é um setor de forte atuação da Secretaria Municipal de Saúde de Timon que, por meio da Coordenação que atua no município, realiza um trabalho feito sob a ótica da integralidade do cuidado. Esse trabalho inclui tanto a abordagem individual como a coletiva dos problemas de saúde e coloca em prática um conjunto articulado de ações destinadas a controlar os riscos e danos à saúde da população.

Para o secretário municipal de Saúde, Marcio Sá, a atuação desse setor abrange as ações de vigilância, prevenção e controle de doenças e agravos à saúde. Portanto, constitui no órgão responsável por adotar e recomendar medidas articuladas através de conhecimentos e técnicas para prevenir doenças e promover a saúde da população.

“Os principais desafios desse trabalho são a definição de responsabilidades e a consolidação de redes de atenção à saúde. É essencial que se saiba identificar situações que podem oferecer risco à saúde ao adquirir produtos como cosméticos, alimentos, medicamentos e no uso de serviços, como salões de beleza, clínicas médicas, consultórios odontológicos, entre outros”, pontua o gestor.

Em Timon, a Coordenação de Vigilância em Saúde é composta pela Vigilância Epidemiológica, Vigilância Ambiental e a Vigilância Sanitária. De acordo com a diretora da VISA, Laiana Sousa, a Coordenação realiza as ações de forma integrada para o desenvolvimento da nova prática sanitária na gestão do SUS, fomentando intersetorialidade e a integração das atividades dos sistemas de informações.

“A Vigilância Epidemiológica identifica, detecta e monitora fatores determinantes e condicionantes da saúde individual e coletiva, os riscos e os agravos à saúde e recomenda medidas de prevenção, controle e eliminação de doenças, riscos e agravos à saúde. Já a Ambiental desenvolve ações de promoção e proteção à saúde através do monitoramento e controle de uma variedade de problemas decorrentes do desequilíbrio do meio ambiente, visando eliminar ou reduzir a exposição humana a fatores prejudiciais à saúde. E a Sanitária intervém nos problemas sanitários decorrentes do contato com o meio ambiente e processos de trabalho, ou produtos e substâncias, da produção ao consumo, e com a prestação de serviços”, explica a diretora.

Em 2015, a coordenação da VISA, por meio da Vigilância Sanitária, realizou cadastros dos estabelecimentos, inspeção e fiscalização, além de atender as denúncias da população e pedidos do Ministério Público de locais que estavam irregulares, totalizando em 1.406 procedimentos no segundo semestre daquele ano.

Através da Divisão de Serviços de Saúde foram fiscalizadas clínicas, óticas, academias e salão de beleza. A Divisão de Educação em Saúde fiscalizou escolas, creches, faculdades, casa de passagem e associações. Foram realizados ainda cadastros dos estabelecimentos, inspeção, fiscalização, intimação, além de ações educativas como a realização de palestras com as temáticas: saúde bucal, câncer de mama, câncer de próstata, dengue, meio ambiente, higiene corporal e tabagismo. Já a Divisão de Alimentos realizou a inspeção e fiscalização de restaurantes, comércios, panificadoras, lanchonetes, depósitos, entre outros, além de atividades baseadas em ação judicial e orientação aos ambulantes nas festividades do município. Fonte: Ascom/Sems







Nenhum comentário:

Postar um comentário