quarta-feira, 8 de junho de 2016

TCE do MA não poupa "gestores públicos" e reprova as prestações de contas da ex-prefeita Socorro Waquim

Ex-prefeita Socorro Waquim de mãos levantadas
Ainda nem sequer foi deflagrado o processo eleitoral com vistas às eleições de 2016, mas a ex-prefeita Socorro Waquim começa a sentir o gosto amargo de sofrer a reprovação de suas contas como gestora pública pelo Tribunal de Contas do Estado – TCE/MA. Sem dúvida, um mau exemplo para quem ousa entrar novamente na disputa pela Prefeitura de Timon.  Essa decisão da corte de Contas poderá atrapalhar a sua vida política em relação ao pleito de outubro próximo. Quer dizer, mais outras surpresas desagradáveis ainda poderão ocorrer ao longo deste ano.  

Leia o texto divulgado pelo site do Tribunal de Contas do Maranhão – TCE, a respeito da reprovação de contas de alguns gestores e ex-gestores públicos:

O Tribunal de Contas do Estado do Maranhão (TCE/MA), em Sessão Plenária realizada nesta quarta-feira, 08/06, desaprovou as prestações de contas dos seguintes gestores públicos: Gilsânia Ribeiro Azevedo Resende (Sucupira do Riachão/2013), com débito de R$ 2.000,00 e multas no total de R$ 22.000,00; Izalmir Vieira da Silva (Bernardo do Mearim/2011), com débito de R$ 6.000,00 e multas no total de R$ 120.600,00; Maria do Socorro Almeida Waquim (Timon/2012), com multas no total de R$ 115.000,00; Rafael Mesquita Brasil (Buriti/2013), com multas no total de R$ 21.600,00 e Raimundo Almeida (Lago Verde/2012).

Helena Maria Lobato Pavão (Santa Helena /2012) teve suas contas aprovadas com ressalvas. Fonte:TCE/MA


Nenhum comentário:

Postar um comentário