quarta-feira, 13 de julho de 2016

Advogado Eduardo Sindô sugere a prisão do prefeito Flávio do Teté no descaso com a saúde pública

O advogado Eduardo Sindô mete bronca na gestão de Flávio do Teté e reafirma pré-candidatura a prefeito de Alto Longá (PI), pelo PMDB.

Advogado Eduardo Sindô (PMDB) 
O advogado militante e professor do curso de Direito, com pós-graduação em Direito Público, Eduardo Sindô, rompeu o silêncio e concedeu entrevista exclusiva ao Blog Ademar Sousa, na qual “metendo a ripa” sem piedade na gestão desastrosa do prefeito de Alto Longá (PI), Flávio do Teté (PTB). Para Sindô, não existe administração atual em Alto Longá, existe um "faz de conta", uma Fraude!!

Ele citou o caso de mortes ocorridas em Alto Longá no Hospital José Vieira Gomes por falta de assistência médica. Lá, falta tudo, falta gazes, falta material de limpeza, falta material para sutura, falta amor e compromisso com o nosso povo daquele município. “A saúde pública em Alto Longá deveria está sendo debatida na Justiça com pedido de prisão do atual prefeito”, disse o advogado Eduardo Sindô, acrescentando que de 0 a 10, a atual gestão merece apenas 2, em razão das muitas mazelas.

Segundo ainda Eduardo Sindô, a gestão do prefeito Flávio do Teté não respeita os servidores públicos. “Não há pagamento dos servidores em dia e há alguns funcionários que estão com 4 e 5 meses sem receber salários”, protesta ele.

Nesta entrevista, Eduardo Sindô reafirmou sua pré-candidatura a prefeito de Alto Longá pelo PMDB, ao lembrar que foi candidato em 2012, momento em que obteve 4.073 votos para prefeito.

Diante disso, parece que ficou distante a possibilidade de acordo político entre os pré-candidatos a prefeito Eduardo Sindô (PMDB) e Belauto Bigode (PR) com vistas o próximo pleito eleitoral. Afinal de contas, os dois pensam da mesma forma: querem a cabeça de chapa.

Leia na íntegra a entrevista:

Blog Ademar Sousa - Quem é Eduardo Sindô? E o que faz?

Eduardo Sindô - Sou um ser humano que prima pela liberdade de compreender o outro e ser compreendido. Acredito em um Único Criador e na salvação por meio do Senhor Jesus Cristo; creio na interpretação "cristocêntrica" da Bíblia e no progresso do homem que tenta agir conforme o Evangelho. Me interesso em estudar a mente humana e suas projeções (hobby).  Sou professor do curso de Direito e advogado (militante) com pós-graduação em Direito Público. Sou pai de uma linda e inteligente criança chamada Rubens, e sou casado com minha amada Thayse.

Blog Ademar Sousa - O senhor está disposto mesmo a entrar na disputa pela Prefeitura de Alto Longá?

Eduardo Sindô - Sim, já entrei e não saí. Fui candidato em 2012, momento em que obtive 4.073 votos para prefeito da nossa querida terra Alto Longá. Desde 2012 estamos construindo um projeto de Governo onde os mais humildes e necessitados estão no centro.

Blog Ademar Sousa - O senhor conta com o aval do seu pai César Sindô, ex-prefeito do município de Alto Longá por duas vezes?

Eduardo Sindô – Sim. Meu pai é meu exemplo de Administrador Público. Ele trabalhou durante oito anos e alavancou o progresso de nossa terra. Como exemplo cito: foi o primeiro prefeito a utilizar o sistema de energia solar para bombeamento e abastecimento de água; construiu diversos assentamentos rurais distribuindo terra a quem não tinha; ampliou, modernizou e equipou a saúde do município; recebeu prêmio da Organização  das Nações Unidas como prefeito Criança; tratou com respeito os servidores públicos pagando em dia,  etc.  São tantos bons exemplos que demoraria muito aqui escrevendo sobre o meu melhor exemplo na Administração Pública - César Sindô.

Blog Ademar Sousa – O seu grupo político está unido em torno de sua pré-candidatura a prefeito de Alto Longá?

 Eduardo Sindô - Sim. Totalmente unido.

Blog Ademar Sousa - Qual é a sua avaliação em torno da gestão do atual prefeito Flávio do Teté, do PTB. Existem desmandos administrativos?

Eduardo Sindô - Não existe administração atual em Alto Longá, existe um "faz de conta", uma Fraude!!! É a velha política do pão e circo, não há pagamento dos servidores em dia e há alguns funcionários que estão com 4 e 5 meses sem receber salário; não existe transporte regular dos estudantes - as vezes falta combustível para o deslocamento; não existe saúde pública, faltam médicos,  faltam medicamentos, falta compromisso seriedade e amor. Pessoas estão perdendo suas vidas por falta de assistência médica e um hospital que já foi modelo para região está prestes a cair e fechar as portas. Chega a ser assustador!!! Uma criança de onze anos morreu a míngua sem a medicação para conter o avanço de uma pneumonia; uma senhora morreu dentro do hospital decorrente de complicações cardíacas por não prestarem socorro em tempo hábil e por meio ter medicação (etc); falta tudo, falta gazes, falta material de limpeza, falta material para sutura, falta amor e compromisso com o nosso povo.

Blog Ademar Sousa - Por exemplo, entre os números de 0 a 10, qual a nota que o senhor daria para a gestão de Flávio do Teté?

Eduardo Sindô – Infelizmente, 2 (dois).

Blog Ademar Sousa – O que levou o senhor a se interessar pela disputa da Prefeitura de Alto Longá?

Eduardo Sindô – O estado de miséria em que se transformou o município e a possibilidade de contribuir com a LIBERTAÇÃO da minha terra. Quando você pode evitar e combater o mal e não o faz, acaba contribuindo com ele.  E eu não aceito e nunca aceitarei ser um agente destruidor de vidas e da esperança do meu bom povo.

Blog Ademar Sousa – O senhor tem projetos e ideias novas para o desenvolvimento de Alto Longá?

 Eduardo Sindô – Sim.  Priorizar a saúde com a construção em Unidades Básicas de Saúde - UBS e equipar o Hospital José Vieira Gomes com o maior número de especialidades e exames.  Pagar e cobrar na mesma proporção o trabalho dos médicos.  Fiscalizar diretamente a qualidade dos serviços prestados à população. Criar a secretaria da Juventude, Trabalho e Esporte - sendo este secretário (a) eleito(a) pelos jovens de 16 à 25 anos. Criar oportunidades de trabalho com a capacitação dos longaenses em convênio com o SENAC; utilizar nosso povo para trabalhar aqui nas obras da prefeitura; trazer empresas para Alto Longá; buscar recursos federais; explorar nosso potencial turístico; combater a criminalidade com valorização da segurança pública e a de forma preventiva educar para evitar a degradação do ser humano.  Tenho muitas outras que estarão no nosso programa de governo.

Blog Ademar Sousa – Há falta de prioridades na gestão do prefeito Flávio do Teté.  E quais são os setores mais afetados?

Eduardo Sindô – Saúde, segurança pública, trabalho, educação, lazer e esporte,  nesta ordem.

Blog Ademar Sousa - Como o senhor avalia os setores de saúde, educação e segurança pública. Deixa a desejar?

Eduardo Sindô - Não tenho como avaliar, pois não existem! O povo está sendo enganado, mas já acordou. A saúde pública em Alto Longá deveria está sendo debatida na Justiça com pedido de prisão do atual prefeito.

Blog Ademar Sousa - Na sua visão, quais as principais dificuldades da população?

Eduardo Sindô - Saúde e falta de emprego e renda e o desrespeito com os funcionários da prefeitura que não recebem seus salários em dia.

Blog Ademar Sousa - Como o senhor avalia os setores de saúde, educação e segurança pública. Deixa a desejar?

Eduardo Sindô - São os piores serviços prestados por uma prefeitura no Estado do Piauí; basta você comparar com a saúde em municípios vizinhos como São João da Serra, Beneditinos e Novo Santo Antônio. A criminalidade disparou em Alto Longá, pois o prefeito não colabora com as polícias civil e militar e uma administração criminosa nutri a criminalidade que, infelizmente, desponta.

                

2 comentários: