sexta-feira, 1 de julho de 2016

Irmão William diz que sua pré-candidatura a prefeito de Timon continua firme sem nenhuma alteração

O evangélico Irmão William terá encontro com o presidente Nacional do PSC, Pastor Everaldo, no próximo dia 10 de julho

Irmão William e o Pastor Everaldo 
Quem imagina que o empresário do ramo de construção civil e evangélico José William Lima de Sousa, mais conhecido como Irmão William, desistiu de disputar a Prefeitura de Timon pelo PSC, poderá cair do cavalo! Ledo engano!
Em entrevista ao Blog Ademar Sousa, na manhã desta sexta-feira (1), Irmão William disse que sua pré-candidatura continua firme sem nenhuma alteração. Segundo ele, há uma decisão a nível nacional do PSC determinando que em cidades acima de 100 mil habitantes necessariamente o partido terá que apresentar candidaturas próprias.  
Irmão William disse ainda que no próximo dia 10 de julho estará reunido com o presidente Nacional do PSC, Pastor Everaldo, a fim de discutir os novos detalhes a respeito de sua pré-candidatura a prefeito de Timon. “Sou independente. Por isso, nesse encontro vou levar a pauta desse nosso propósito de participar do processo eleitoral deste ano, disputando um cargo eletivo majoritário”, garante.  

Na conversa com o titular deste blog, o empresário Irmão William não negou que tem sido assediado por partidários de outros grupos políticos. Por conta disso, revelou que já recebeu visitas de interlocutores da ex-prefeita Socorro Waquim (PMDB) e do deputado estadual Alexandre Almeida (PSD) e até mesmo do atual prefeito Luciano Leitoa (PSB).  Por último de partidários do PROS e PRB. Todos querem a mesma coisa: a desistência e o apoio de Irmão William pelo PSC às suas pré-candidaturas. Afinal de contas, entra em jogo a importância da adesão do partido e o tempo de televisão vale tudo em disputas eleitorais acirradas.

Até o momento, conforme relata Irmão William o PSC pretende apresentar 12 pré-candidatos para a Câmara Municipal de Timon. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário