terça-feira, 26 de julho de 2016

Vereador Francisco Borges cobra o cumprimento das leis que disciplinam o tempo limite nas filas de bancos

Vereador Francisco Borges, do PSL de Timon 
O vereador Francisco Borges (PSL), em menos de 20 dias após assumir a vaga na Câmara Municipal de Timon com o afastamento do titular Itamar Barbosa (PT do B), já conseguiu apresentar 20 pedidos entre ofícios e requerimentos solicitando o devido cumprimento de leis e melhorias para vários bairros em diferentes regiões da cidade.  Desta vez, Francisco Borges ficará no cargo por 120 dias. 

Em 2013, ele assumiu por 70 dias e criou uma série de polêmicas, muitas delas cobrando ações do prefeito Luciano Leitoa (PSB) e até mesmo criando embates exigindo a coerência de alguns colegas parlamentares naquela Casa Legislativa. Naquela época, apresentou mais de 80 ofícios.

Em entrevista ao Blog Ademar Sousa, na manhã desta terça-feira (26), o vereador Francisco Borges disse que em Timon existem muitas leis aprovadas, mas a grande maioria não vem sendo cumprida a rigor. Citou, por exemplo, os casos das leis que disciplinam o tempo limite de permanência dos usuários nas filas em bancos públicos e privados. Nunca houve cumprimento algum. 

Diante disso, Francisco Borges encaminhou ofícios ao PROCON e à Secretaria Municipal de Finanças – SEMUF, cobrando providências no sentido de que esses órgãos públicos façam cumprir as leis 1503/2008 e 1567/2009, que tratam do tempo máximo para o atendimento nas agências bancárias instaladas em Timon. Também foram encaminhados ofícios aos bancos exigindo explicações pela falta do cumprimento das leis.  

Borges responsabiliza a Secretaria Municipal de Finanças – SEMUF como agente fiscalizador, citando o Art. 5º da Lei 1503/2008, alterado pela Lei 1567/2009, no Art. 2º e Art. 3º. Neste caso, segundo ele, falta fiscalização rigorosa por parte da SEMUF e do PROCON, em Timon. Essa cobrança foi feita primeira vez, em 2013, pelo vereador Francisco Borges. Porém, sem respostas pelas instituições bancárias.

“A nossa população de Timon vem sendo desrespeitada pelas agências bancárias. Por isso, não podemos aceitar essa situação, pois existem leis municipais para evitar o desrespeito. Precisamos fazer cumprir às leis fiscalizando e aplicando as sanções legais”, disse o vereador Francisco Borges.

Ele lembrou que a lei que proíbe o uso de aparelho celular nas dependências das agências bancárias de Timon vem sendo cumprida pelos bancos. Agora, as outras leis são desrespeitadas. “Na verdade, faltam funcionários suficientes e mais caixas para um melhor atendimento aos usuários”, finaliza o parlamentar do PSL.   


Nenhum comentário:

Postar um comentário