segunda-feira, 15 de agosto de 2016

Ministério Público do Maranhão e do Piauí firmam termo de cooperação técnica

Com o objetivo de realizar o intercâmbio científico na área de tecnologia da informação e o aperfeiçoamento acadêmico, os procuradores-gerais de justiça do Maranhão, Luiz Gonzaga Martins Coelho, e do Piauí, Cleandro Alves de Moura, firmaram, na última sexta-feira, 12, na sede do MPPI, em Teresina, Termo de Cooperação Técnica.

A parceria institucional vai ser realizada por meio da Escola Superior do MPMA e do Centro de Estudos e Aperfeiçoamento Funcional do MPPI.

A partir de agora, as duas unidades ministeriais podem, por exemplo, compartilhar sistemas livres de gestão administrativa, orçamentária e financeira e disponibilizar vagas em cursos realizados nos Estados do Piauí e Maranhão, para membros e servidores, inclusive da modalidade de educação a distância.

Na avaliação do procurador-geral de justiça, Luiz Gonzaga Martins Coelho, a parceria institucional é uma forma de diminuir os custos e aumentar a produtividade no âmbito do Ministério Público. Nesse momento de dificuldade, temos que encontrar alternativas para fazer mais com menos. Estamos investindo muito em capacitação e esse termo vai nos ajudar muito nesse sentido”, destacou.

Acompanharam a assinatura do termo, o diretor das Promotorias de Justiça de Timon, Giovanni Papini Cavalcanti; e os promotores de justiça Fernando Evelin de Miranda Meneses, Carlos Alan da Costa Siqueira, Fábio Menezes de Miranda, Francisco de Assis da Silva Júnior, Leonardo Soares Bezerra, Cristiana Carvalho de Melo Monteiro e Valéria Chaib Amorim Carvalho. Fonte: CCOM-MPMA

Nenhum comentário:

Postar um comentário