quinta-feira, 11 de agosto de 2016

Setor de Saúde em Coelho Neto vive a pior crise na gestão de Soliney Silva

Informações que recebemos da cidade de Coelho Neto são de calamidade. De acordo com as fontes, a situação da Saúde no município é crítica. O prefeito Soliney Silva entregou recentemente uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA), que, do jeito que está não serve para nada, pois falta desde materiais mais básicos ao papel de receituário e outros impressos de atendimento, cuja precariedade existe até na própria Secretaria Municipal de Saúde.

Além disso, equipamentos das unidades de saúde estão sem funcionar por falta de manutenção e faltam também medicamentos para os pacientes. É vexatório o quadro da saúde no município. O secretário, por exemplo, só pisa na cidade um dia na semana, pois nos demais trabalha em vários outros lugares.

Por outro lado, ao que consta os fornecedores estão amargando uma situação sem pagamento que já passam mais de 120 dias de atraso. Em alguns casos chegam até um ano, cuja situação, segundo consta, está sendo levada ao conhecimento do Ministério Público do MA. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário