segunda-feira, 5 de setembro de 2016

TIMON: Operação “Catraca” do 11º BPM prende criminoso acusado de assalto a posto de combustível

Preso Érick Rosa pela PM 
Policiais do 11º BPM prenderam em flagrante na manhã desta segunda-feira (5/9) sob a acusação de assalto Érick Henrique Rosa de Sousa. Conforme relatório da PM, a prisão ocorreu por volta das 7h30min logo após o conduzido ter praticado um assalto ao Posto São Raimundo, localizado na Avenida Presidente Médici, em Timon (MA). Na ação, Érik, que vestia uma farda idêntica à farda dos funcionários da CEMAR, estava de posse de um revólver calibre 38 e rendeu a gerente do posto de combustível que foi levada até a sala da gerência e, em seguida, foi obrigada a entregar ao assaltante todo o dinheiro que havia sido apurado, um total de R$ 4.015,00 (quatro mil e quinze reais).

 Apesar do disfarce, a ação foi percebida por um dos funcionários do Posto São Raimundo que acionou a PM. De imediato a guarnição da ROCAM se deslocou para o local. Percebendo que sua ação havia sido notada pelos funcionários, o criminoso tentou fugir em uma moto, momento em que a guarnição chegou e deu voz de prisão ao mesmo que ainda tentou se desfazer da mochila com o dinheiro e a arma. Todo o material arrecadado, juntamente com o preso, foram apresentados na Central de Flagrantes para os procedimentos legais, sendo que foi constatado ainda que a moto utilizada no assalto era roubada.

Segundo o subtenente da PM, lotado no 11º BPM, Jorge César de Sousa Barros, a ação da PM, que deu pronta resposta ao delito, é mais uma das prisões resultantes da Operação “Catraca” que está sendo desencadeada na área do Batalhão. “A operação tem como foco direcionar o policiamento para atuar de forma mais específica nos horários de pico dando ênfase para o deslocamento da população para o trabalho e escola, bem como seu retorno ao fim do expediente. Nesse sentido, há uma ação de presença constante do policiamento em todas as áreas da cidade com a utilização de viaturas e apoio de uma equipe específica de motocicletas”, disse o subtenente Jorge César de Sousa Barros. 







Nenhum comentário:

Postar um comentário