sábado, 1 de outubro de 2016

Gilmar Mendes e Raul Jungmann garantem eleições tranquilas em São Luis (MA)


O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Gilmar Mendes, e o ministro da Defesa, Raul Jungmann, visitaram neste sábado (1) a cidade de São Luís, no Maranhão, para conferir de perto as medidas que estão sendo adotadas para garantir a segurança e a ordem durante as eleições municipais deste domingo (2) na região. Durante a visita à cidade, eles foram recebidos pelo presidente do Tribunal Regional Eleitoral, desembargador Lourival de Jesus Sousa, e pelo governador, Flávio Dino. Eles também visitaram a Escola de Ensino Básico Darcy Ribeiro, local utilizado como seção eleitoral. As duas seções atingidas no atentado foram transferidas para o Jardim de Infância da própria escola.

O ministro Gilmar Mendes assegurou eleições tranquilas não só no Maranhão, mas em todo o país. “Tenho certeza de que teremos eleições normais. Ocorreram esses incidentes aqui. A Justiça Eleitoral tomou as providências para que haja reforço na segurança. Acredito que já temos força suficiente para darmos respostas. Se tivermos algum incidente mais grave, estamos preparados e certamente não haverá mais qualquer outro tipo de manifestação”, afirmou.

O presidente do TSE destacou que o Brasil está passando por um quadro de insegurança pública. “A sociedade brasileira não capactua com esse tipo de ação feita justamente para tumultuar o processo democrático. Nós estamos vivendo um quadro de grave insegurança pública e está claro que estão se aproveitando desta janela eleitoral para contaminar todo o ambiente”, disse.

O ministro da Defesa, Raul Jungmann, reforçou o que foi dito pelo presidente do TSE. “Nós disponibilizamos para assegurar a segurança aqui, em São Luís, um efetivo de 480 homens. Quero reafirmar que os maranhenses podem ir às urnas porque a votação vai transcorrer em paz, com tranquilidade. Os governos federal e estadual estão juntos para fazer frente a esse ataque à democracia. Nós temos a convicção de que mais uma vez nós, sob a coordenação da Justiça Eleitoral, vamos realizar grandes eleições”, salientou.

O Governador do Maranhão, Flávio Dino, pediu o apoio da população maranhense na fiscalização das eleições. “A Justiça Eleitoral disponibilizou um aplicativo para dispositivos móveis que permite o envio de irregularidades. O Governo do Estado também disponibilizou ferramenta semelhante. Nós pedimos que todas as ocorrências de violência, ameaças e compra de votos sejam encaminhadas para a Justiça Eleitoral e para os órgãos de segurança do estado para a imediata apuração dos fatos”, solicitou.

“Tenho certeza da grande festa democrática que será realizada amanhã. As condições de segurança estão garantidas a partir da noite de hoje, de modo que todos os locais de votação seguramente funcionarão bem e, amanhã à noite, a Justiça Eleitoral irá proclamar os novos prefeitos, vice-prefeitos e vereadores do Maranhão”, complementou Flávio Dino.

Tropas federais

Para garantir a tranquilidade durante a votação neste domingo (2), a Força Federal vai atuar em 458 municípios de 14 estados: Acre, Alagoas, Amazonas, Goiás, Maranhão, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Pará, Paraíba, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Sergipe e Tocantins.

A atuação da Força Federal é autorizada pelo TSE a partir dos pedidos que chegam por meio dos Tribunais Regionais Eleitorais (TREs) por diversos motivos. No Maranhão, por exemplo, os ministros autorizaram o apoio após os casos registrados na capital, São Luis, quando ônibus foram incendiados por bandidos que promoveram uma onda de ataques na cidade. Fonte: TSE




Nenhum comentário:

Postar um comentário