quinta-feira, 3 de novembro de 2016

Timon comemora baixo índice de infestação do Aedes Aegypti


Realizado no período de 24 a 28 de outubro, o Levantamento de Índice Rápido do Aedes aegypti (LIRA) apresentou o menor índice de infestação da história da cidade, com referência de 0,4%, colocando o município na faixa verde, que representa baixo risco para ocorrência de doenças causadas pelo mosquito, como Dengue, Zika e Chikungunya. A Secretaria Municipal de Saúde de Timon (SEMS) comemora o resultado, que ficou bem abaixo do percentual considerado aceitável pelo Ministério da Saúde, na faixa de 1%.

“Timon está de parabéns. O resultado pode ser atribuído ao constante trabalho de prevenção e conscientização que vem sendo feito pela nossa equipe de Agentes de Endemias e também à colaboração da população. As ações de combate aos criadouros do mosquito são realizadas o ano inteiro, mesmo nos meses de baixa incidência de doenças como a Dengue, e intensificados nos meses mais propícios para o aparecimento do mosquito. Só temos que comemorar e continuar com o trabalho, visando obter sempre resultados positivos”, destacou Marcio Sá, secretário de Saúde.

No período, foram visitados em média 10.563 imóveis em toda a região de Timon. A ação contou com uma equipe de supervisão da Regional de Saúde de Timon, responsável pelo setor vetorial, e 36 agentes de controle de vetor do município que realizaram a amostragem. Foram pesquisados imóveis de diferentes áreas para detectar a frequência de criadouros do mosquito transmissor da dengue e as ações eficientes de combate.

Após as coletas nas casas, as amostras foram enviadas ao laboratório da Funasa, onde foram processadas. O coordenador do Controle de Endemias da secretaria, Dolamito Marques, explicou que o excelente resultado mostra o envolvimento da população com o trabalho de conscientização realizado pelos Agentes de Combate às Endemias.

“Nosso trabalho tem sido realizado com foco na conscientização da população. Temos alertado aos moradores de cada comunidade, através de informações educativas, sobre a necessidade de atenção permanente no combate ao mosquito”, explicou Dolamito.

O LIRA é um programa do Ministério da Saúde responsável pelo mapeamento rápido dos índices de infestação por Aedes aegypti, identificando os criadouros predominantes e a situação de infestação do município. Ele permite o direcionamento das ações de controle para as áreas mais críticas. Em Timon, a ação é realizada nos meses de janeiro, março e outubro.





Timon inicia Campanha Novembro Azul

Com o início do mês de novembro, a Secretaria Municipal de Saúde de Timon (SEMS) começa sua quarta edição da campanha Novembro Azul, que é realizada em todo país nesse período com a proposta de conscientizar o público masculino sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de próstata.

Em Timon, a campanha é coordenada pela Policlínica que, assim como as Unidades Básicas de Saúde (UBS) e o Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA),  trabalha com procedimentos preventivos do câncer de próstata com abordagens, solicitação de ultrassonografia e de coleta para o exame de PSA (Antígeno Prostático Específico) – exame preventivo que detecta doenças que acometem a próstata.

 “Realizar exames e atentar para alguns sintomas, como dificuldade de urinar ou a necessidade de urinar mais vezes durante o dia ou à noite, ajudam no diagnóstico precoce”, explicou Oglaide Nolêto, diretora da Policlínica de Timon.

Neste ano a campanha terá como parceiros a Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Guarda Municipal, Dmtrans, Regional de Saúde, entre outros.

“A Secretaria Municipal de Saúde tem desenvolvido diversas ações em função da saúde da população em geral e durante o mês de novembro, trabalha essa importante campanha que está na quarta edição na gestão do prefeito Luciano Leitoa. Essa mobilização combate o câncer de próstata e convidamos todos os homens, com mais de 45 anos a fazer uma avaliação. Estamos fechando uma grande programação, com eventos em vários pontos da cidade. A primeira ação será iluminar Timon na cor azul e intensificar os atendimentos voltados para a saúde do homem em todas as unidades do município”, destacou Márcio Sá, gestor municipal de saúde de Timon. Fonte: Ascom/SEMS



Nenhum comentário:

Postar um comentário