sexta-feira, 23 de dezembro de 2016

Agenda de Wellington Dias na Europa garante R$35 milhões para barramentos no Piauí

Os projetos de barramentos serão realizados nas bacias dos rios Piauí, Canindé, e Itaim

Transmissão de cargo de governador (Foto:Paulo Barros)

O governador Wellington Dias retornou da agenda administrativa internacional, na Holanda e Itália, na madrugada desta sexta-feira (23) com muitas expectativas quanto aos novos investimentos nas áreas de energias renováveis e da produção irrigada. A retransmissão do cargo aconteceu no hangar do Governo.

Wellington Dias avaliou a agenda como muito positiva e revelou que a presença da equipe estadual e da embaixada brasileira passou a segurança necessária para que as empresas interessadas mantivessem os investimentos. “Esse ambiente pelo qual passa o Brasil gera muita insegurança para os investidores. Mas conseguimos mostrar que apesar de no país ter situações como a do Rio de Janeiro, o Piauí é um estado equilibrado, bem organizado que trabalha com a ética, decência e cumprimento da lei, garantindo assim a segurança ao investidor”, enfatizou.

Governador Wellington Dias retoma agenda de trabalho depois da viagem internacional 

Dias explicou que o interesse das empresas holandesas é de abastecer não só o Piauí, mas toda a América do Sul e ressaltou que a agenda com o FIDA vai garantir investimentos na ordem de R$ 35 milhões para projetos de barramentos nas bacias dos rios Piauí, Canindé e Itaim. E que um novo contrato está sendo negociado na ordem de aproximadamente um milhão de dólares. “O objetivo é garantir com estes barramentos a reposição do lençol freático e a implantação de projetos de irrigação para a produção, garantindo renda para a população”, explica. 

O chefe do executivo estadual, ao retomar a agenda local disse que vai conversar com os líderes sindicais para mais uma vez esclarecer os pontos da PEC dos limites dos gastos públicos. “Precisamos entender que esta é uma proteção para os investimentos e que não congela os salários. Essa é uma medida necessária para mantermos a estabilidade com responsabilidade”, disse.

 Fonte: Governo do Piauí 


Nenhum comentário:

Postar um comentário