terça-feira, 3 de janeiro de 2017

Governo do Piauí autoriza progressão de policiais e compra de armamento

Serão investidos mais de R$ 3 milhões em armas e munições

Por Cristal Sá 

Secretário de Governo, Merlong Solano, governador W. Dias e o comandante da PMPI, coronel Carlos Augusto

O Governo do Estado realizará Curso de Formação de Cabos da Polícia Militar e Curso de Formação de Sargentos, com previsão de início para o próximo mês de março. O governador Wellington Dias autorizou, nesta terça-feira (03), 250 vagas para cada um dos cursos em 2017 e mais 250 vagas para ambos em 2018.

O secretário estadual de Governo, Merlong Solano, destaca que a medida visa permitir a ascensão funcional dos policiais militares. “É preciso reconhecer o esforço da corporação, que se mantém firme na luta contra o crime. Além disso, estamos dando prova concreta de que a decisão de limitar os gastos da administração pública não prejudica o servidor. O Estado continuará realizando as progressões, concursos e reajustes, mas dentro das possibilidades, preservando 10% do orçamento para investimentos”, ressalta Merlong.

O comandante geral da PM, coronel Carlos Augusto, afirma que existem 1.467 vagas para a graduação de cabos, já havendo 724 soldados frequentando o curso de formação, bem como 623 vagas para a graduação de 3º sargentos, havendo 528 cabos com interstício para o concurso interno aguardando curso de formação de sargentos.

O governador também autorizou investimentos de mais R$ 3 milhões na aquisição de 800 pistolas semi-automáticas, 100 fuzis automáticos e munição, visando à modernização do material bélico das tropas especiais e táticas da Polícia Militar. As armas a serem adquiridas têm reconhecimento internacional das forças de segurança como das mais seguras e eficientes. 




























Nenhum comentário:

Postar um comentário