terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

PI: Robert Rios reclama do descaso com a saúde e a segurança

Deputado Robert Rios Magalhães (PDT-PI)
“O Piauí é um paraíso, onde a saúde e a segurança pública, tudo funciona”. A frase abriu o discurso do deputado Robert Rios Magalhães (PDT), durante a sessão plenária desta terça-feira (21) na Assembleia Legislativa. Rios disse que enquanto nada funciona no Estado, o governo com sua mídia engana o Piauí, depois do “surto psicótico da reeleição”.

“O governador só se pensa em 2018. Ele saiu de 2016 e entrou direto em 2018, sem passar por 2017... Está cometendo os mesmos erros do Lula, que fez muito pelo povo, não há como não reconhecer a obra social do Lula, que foi importantíssima e precisa ser ampliada. Mas o Lula acabou com o Brasil, assaltou a Petrobras para eleger a Dilma. A mesma coisa faz o Wellington Dias. Para ter o quarto mandato, ele vendeu a alma ao diabo, faz todo tipo de acordo”, criticou o orador.

Robert Rios contestou o orador que o antecedeu, deputado Dr. Hélio Oliveira (PR), que elogiou à gestão do Hospital Regional Dirceu Arcoverde, em Parnaíba. “O Dirceu Arcoverde é um hospital onde todo mundo reclama... O hospital era uma porcaria e vai continuar sendo porcaria”, afirmou o deputado, lembrando que essa é uma realidade que acontece não só em Parnaíba, mas em todo o Piauí, onde há filas enormes de pessoas buscando atendimento nos hospitais públicos.

Carro-pipa

O deputado também citou o atraso no pagamento dos “pipeiros” na região do semiárido piauiense. “Desde novembro que não se paga carro-pipa para abastecer municípios, como São Raimundo Nonato. Água é vida. O governo virou as costas para o semiárido e fica negociando quem vai ocupar a Agepisa. O único projeto de governo é 2018. Enquanto isso, jovens são adotados pelos traficantes, os presídios são pior que o inferno, a bagaceira no hospital de Parnaíba é grande”, reclamou.

Em aparte, os deputados Dr. Hélio e Dr. Pessoa (PSD) falaram sobre a situação no hospital citado pelo orador. “Reafirmo o que coloquei antes. O Hospital é uma referência na região, com todas as clínicas médicas funcionando. O Dirceu Arcoverde é o único hospital público de Parnaíba a atender pacientes na Ortopedia. O hospital atende 250 mil pessoas por ano, tanto que o Conselho Regional de Medicina fez elogios à administração do hospital”.

Dr. Pessoa lamentou que 40% do que é destinado à saúde acaba desviado pela corrupção. “O acesso do pobre lascado ao atendimento de saúde é precário, é o mesmo em qualquer lugar do país, porque a coisa é difícil e o discurso fácil”. 

Robert Rios lembrou que se Parnaíba estivesse as mil maravilhas, o povo não tinha eleito Mão Santa. “O povo reprovou a gestão petista e disse: quero o Mão Santa, não quero o PT... O hospital (Dirceu Arcoverde) tem R$ 500 mil de teto para tratar paciente com câncer, teto esse que nunca foi atingido. As pessoas preferem vir se tratar aqui em Teresina”. Fonte: Alepi



Nenhum comentário:

Postar um comentário