terça-feira, 14 de março de 2017

TERESINA: Firmino Filho se reúne amanhã (15) com secretária da Rede Nacional da Primeira Infância


Por intermédio da Secretaria Municipal de Políticas Públicas para Mulheres, o prefeito Firmino Filho se reúne amanhã, às 8h30, com a secretária executiva da Rede Nacional da Primeira Infância (RNPI), Simone Valadares. O encontro acontece na sede da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (STRANS).

Simone Valadares está em visita à capital do Piauí para conhecer os serviços que o município oferece para a primeira infância. O encontro com o prefeito Firmino Filho faz parte de uma solicitação da Plan International. Na oportunidade, a secretária irá apresentar a RNPI ao chefe do executivo municipal.

“A reunião é uma solicitação da Plan Internacional para uma agenda entre a secretária executiva e o prefeito de Teresina em função do programa Amor de Tia, que é o único serviço do município que atende crianças na primeira infância com foco voltado para o empoderamento das mães, juntamente com a Secretaria de Assistência Social, que é responsável pelo Plano da primeira Infância”, explica a secretária da Mulher, Macilane Gomes.

A Rede Nacional da Primeira Infância é uma articulação nacional de organizações da sociedade civil, do governo, do setor privado, de outras redes e de organizações multilaterais que atuam, direta ou indiretamente, pela promoção e garantia dos direitos da Primeira Infância – sem discriminação étnico-racial, de gênero, regional, religiosa, ideológica, partidária, econômica, de orientação sexual ou de qualquer outra natureza.

A RNPI elaborou e promove a implementação do Plano Nacional pela Primeira Infância, aprovado pelo CONANDA (Conselho Nacional pelos Direitos da Criança), em dezembro de 2010, e acolhido pela Secretaria de Direitos Humanos da Presidência como um plano integral – que engloba todos os direitos da Primeira Infância, com metas até 2022. Atualmente, existem dez Redes Estaduais da Primeira Infância no Brasil que reúnem diversas organizações da sociedade civil, do governo e do setor privado que tem como objetivo defender e promover os direitos das crianças pequenas nos estados. Fonte: Semcom 














Nenhum comentário:

Postar um comentário