terça-feira, 11 de abril de 2017

PI: Governo do Estado levará água a assentamentos do MST

Secretário de Governo, Merlong Solano, com representantes do MST 

O abastecimento emergencial de água na região de Pio IX, por meio do envio de carros-pipa, foi um dos compromissos firmados pelo Governo do Estado, nesta segunda-feira (10), em audiência com uma comitiva do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST). Uma das localidades mais castigadas pela irregularidade das chuvas é o Assentamento Jaelson dos Santos, onde a situação é considerada crítica.

O secretário de Governo, Merlong Solano, que conduziu a reunião, afirmou que além de retomar o abastecimento por carros-pipa, o governador autorizou a Secretaria de Desenvolvimento Rural a aprofundar e equipar um poço tubular para dar solução definitiva à questão.

“Em abril do ano passado, recebemos uma extensa pauta de reivindicações e desde então estamos implementando um conjunto de ações solicitadas pelo MST, a exemplo da distribuição de kits de irrigação”, destaca Merlong.

A regularização fundiária é outra pauta considerada de grande importância pelo movimento, além da aquisição de terras para criação de novos assentamentos. De acordo com o coordenador nacional do MST no Piauí, João Luís Vieira, há cerca de 600 famílias, em vários municípios, à espera de terras para trabalhar.

Parceria

O líder do movimento sugeriu uma parceria entre o governo e o MST para enfrentar a crise. “Nós entendemos que a crise no Brasil é grande, e a do Piauí não é diferente, mas se nós dermos condições reais para que os agricultores familiares possam ficar na terra, e ensinarmos as técnicas, podemos baratear o custo do alimento e colocar alimentação saudável na mesa do trabalhador”, afirma João Luís Vieira.

A reunião contou ainda com a participação de representantes das secretarias de Estado do Desenvolvimento Rural (SDR), Defesa Civil e Meio Ambiente (Semar), Instituto de Terras do Piauí (Interpi) e Superintendência de Relações Sociais (Supres). Fonte: Ascom/Segov


Nenhum comentário:

Postar um comentário