quarta-feira, 26 de abril de 2017

SAÚDE: Acontece em Timon campanha de vacinação contra gripe H1N1


A equipe da Secretaria Municipal de Saúde realiza em Timon a campanha de vacinação contra o vírus H1N1. A abertura da campanha foi dia 17 de abril e segue até o dia 26 de maio, com o dia D programado para o dia 13 de maio. O objetivo da campanha é reduzir a mortalidade, as complicações e as internações decorrentes das infecções pelo vírus da influenza na população alvo para a vacinação.

De acordo com o secretário de saúde, Márcio Sá, a meta é vacinar pelo menos 80% do grupo prioritário estabelecido pelo Ministério da Saúde na campanha nacional. “Vamos tentar vacinar toda a população do grupo prioritário, por isso, toda nossa equipe de vacinadores estão treinadas para que, até o término da campanha, no dia 26 de maio, todos estejam imunizados”, afirmou o gestor.

Os grupos prioritários e que devem tomar a vacina são: crianças de 06 meses a menores de cinco anos (até 4 anos, 11 meses e 29 dias), gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), trabalhador de saúde, idosos (a partir de 60 anos), profissionais da Saúde, população indígena, população privada de liberdade, funcionários do sistema prisional, pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis, pessoas portadoras de outras condições clínicas especiais (doença respiratória crônica, doença cardíaca crônica, doença renal crônica, doença hepática crônica, doença neurológica crônica, diabetes, imunossupressão, obesos, transplantados e portadores de trissomias).

Este ano também foram inseridos no grupo professores da rede pública e particular de ensino. Os mesmos devem se dirigir às Unidades Básicas de Saúde (UBS) do município portando seu contracheque e um documento de identificação com foto.

A coordenadora de Epidemiologia de Timon, Itelmária Escórcio, informou que há mais de 30 postos para atender a população. “Todas as UBS estão fazendo a administração da vacina. Além disso,  existem mais 06 postos volantes espalhadas na cidade, sendo um na Caixa Econômica Federal, no Banco do Brasil, no Bradesco, Ceasa, Mercado da Formosa e Mix Mateus”. Fonte: Ascom/Sems 


Nenhum comentário:

Postar um comentário