sexta-feira, 12 de maio de 2017

PI: Violência no trânsito é o grande vilão no Território dos Carnaubais


A última etapa da plenária Diálogos Territoriais: Segurança, participação e desenvolvimento sustentável aconteceu em Castelo do Piauí, reunindo representantes dos 16 municípios que formam o Território dos Carnaubais.

O trânsito, roubos e violência doméstica foram os principais problemas relacionados à criminalidade na região.

Secretário de Segurança Pública, Fábio Abreu, durante a fala em Castelo do Piauí 

O secretário de Segurança, Capitão Fábio Abreu, destacou a preocupação com os jovens no território. Disse ainda que o primeiro Plano Estadual de Segurança Pública do Piauí irá contemplar todas as regiões de acordo com suas características tendo como principal parceiro a própria sociedade, quer seja apontando os problemas, quer seja contribuindo com sugestões.

Os secretários de Governo, Merlong Solano, e de Desenvolvimento Rural, Francisco Lima, elogiaram a proposta do Governo em levar o debate para todo o Estado. Para o representante do PNUD (Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento), José Claudenor, lembrou que o Piauí tem trabalhado a situação de violência no Estado com transparência.

Na análise criminal do Território dos Carnaubais, a subsecretária de Segurança, delegada Eugênia Villa, mostrou que 50% de todas as ocorrências são de trânsito, 28% roubos. Os CVLIs cresceram 40%, passando de 15 em 2015 para 21 em 2016, sendo oito (8) em Campo Maior, dois (2) em Castelo, Juazeiro e São João da Serra.

"Nós preocupa que a maioria dos crimes na região, 62%, são praticados de sexta a domingo, sendo 57% deles à noite e de madrugada, 62% com arma branca. Agora, o trânsito é o grande responsável pelas ocorrências, algo que poderia ser evitado", explicou.

A plenária teve a participação de vários prefeitos do Território que concordam que há necessidade de organizar o trânsito em seus municípios. As problemáticas e sugestões foram apresentadas ainda pela sociedade civil, representadas por associações, sindicados, professores, conselheiros tutelares. Os jovens também contribuíram com propostas importantes. "O jovem é o público mais vulnerável da violência e das drogas. Acreditamos no investimento em cultura, esporte, capoeira e atividades que façam com que os jovens tenham seu tempo ocupado do que à mercê do envolvimento com a criminalidade. Precisamos de mais apoio do poder público neste sentido", afirmou Wislailton Lima, Associação da Juventude de Castelo do Piauí-AJUCA.

José Magno, prefeito de Castelo do Piauí 

“Estamos fazendo um estudo para reorganização o trânsito de Castelo. Este é um momento importante para debatermos segurança pública. Castelo vive dificuldades com segurança e vem trabalhando junto ao Governo do Estado e a Secretaria de Segurança, mas este é também um problema de Educação, melhoria de qualidade de vida das pessoas e isso não se resolve da noite para o dia. Precisamos de um plano para trabalhar na Educação, na Assistência Social, em conjunto com a polícia e com a justiça”, analisou José Magno, prefeito de Castelo.

“Coloquei na plenária a possibilidade dos municípios menores termos algum consórcio ou política públicas para em parceria com o Detran investir em palestra e prevenção, pois o índice de violência no trânsito é alto no Território dos Carnaubais. Este encontro é o primeiro passo para os prefeitos buscarem este entendimento, quem sabe até através de uma Parceria Público Privada”, afirmou Edgar Bona, prefeito de Novo Santo Antônio.

“Percebemos que nossos municípios têm problemas comuns em todo Território. Percebemos também que a segurança pública não deve partir apenas do Governo. É importante a participação da sociedade civil, iniciativa privada e nós gestores também participem nas escolas, conselhos existentes para que juntos possamos enfrentar essa problemática”, disse Ana Célia, prefeita de Cocal de Telha.

Também participaram da plenária vereadores e secretários municipais de todo território, além dos prefeitos de Buriti dos Montes, Walmir Soares; Juazeiro do Piauí, José Valdo; São João da Serra, Ananias Fernandes; Jatobá do Piauí, Ananias Fernandes.

As Plenárias são realizadas pela Secretaria de Segurança, em parceria com as Secretarias de Planejamento e de Governo, além do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento-PNUD. Teresina deve sediar ainda um último encontro, desta vez reunindo representantes da imprensa para que da mesma forma possam apontar problemas e sugestões para o Plano Estadual de Segurança Pública. Fonte: SSP/PI 

Nenhum comentário:

Postar um comentário