quarta-feira, 26 de julho de 2017

“Teresina Protege” quer coibir a venda de bebidas alcoólicas para menores de idade

O objetivo é fiscalizar bares, casas de shows e ambientes do gênero


O secretário municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (SEMCASPI), Samuel Silveira, se reuniu, nesta quarta-feira (26,) com a juíza titular da 1ª Vara da Infância e da Juventude, Maria Luíza de Moura Melo e Freitas. O encontro debateu a possível parceria entre o órgão municipal e a instância do Judiciário para a execução do “Teresina Protege”, que visa coibir a venda de bebidas alcoólicas para menores de idade.

O projeto quer envolver vários órgãos da Prefeitura e do Estado, dentre eles a Guarda Municipal de Teresina. “O objetivo é fiscalizar bares, casas de shows e ambientes do gênero em relação à venda de bebidas alcoólicas para menores de idade. Queremos fazer isso dentro da proposta do ‘Vila Bairro Segurança’, inicialmente nos 13 bairros do Lagoas do Norte, território onde embrionariamente o ‘Teresina Protege’ será implantado”, informa o secretário Samuel Silveira.

A juíza Maria Luíza de Moura Melo e Freitas considerou positiva a iniciativa de coibir a venda e consumo de bebidas alcoólicas para menores de idade, sobretudo em ambientes como bares e casas de shows em Teresina. Algumas regiões já contam com um mapeamento de áreas de risco, mais vulneráveis às crianças e adolescentes.

Samuel Silveira ressaltou ainda a participação de outros órgãos públicos no projeto. “Hoje, ao apresentarmos a ideia, ficou pontuado a disposição positiva do Judiciário em colaborar com esse projeto, e nós queremos nos reunir com outras lideranças que entendemos como importantes, como a Secretaria de Segurança, o Comando da Polícia Militar e o Ministério Público, nessa junção de forças na luta contra o consumo de álcool por menores” complementa o secretário da SEMCASPI.

O “Teresina Protege” será incluído no projeto “Vila Bairro Segurança”, que está sendo formulado pela Prefeitura de Teresina, com o objetivo de trabalhar uma proposta multissetorial de segurança pública. O “Vila Bairro Segurança” deve ser apresentado às outras secretarias que contribuirão com o projeto, em reunião no dia 1º de agosto. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário