terça-feira, 3 de outubro de 2017

Câmara Municipal de Timon realiza audiência sobre o Outubro Rosa


A Câmara Municipal de Timon realizou na manhã desta terça-feira (03), uma audiência pública em alusão à Campanha Outubro Rosa, que é realizada no município, por meio da Secretaria Municipal de Saúde e parceiros como as secretarias de Educação e Desenvolvimento Econômico, Coordenadoria da Mulher, além de órgãos como DMIP, DMTRANS e Casa de Palha.


A audiência de proposição da vereadora professora Cláudia Regina (PMB), teve a proposta de falar sobre as ações de prevenção e combate ao câncer de mama. O evento contou com a participação do secretário municipal de Saúde, Marcio Sá.

“Ficamos felizes com a proposição da vereadora professora Cláudia sobre a nossa Campanha Outubro Rosa. Estamos na luta contra o câncer e durante todo esse mês teremos muitas atividades pertinentes ao tema”, enfatizou o gestor de Saúde.

A diretora do CAISM, Maria José (Mazé) destacou que a mobilização no município tem uma ampla programação. “A luta contra o câncer é contínua e não pode parar. E neste mês de outubro intensificamos os nossos serviços para abraçar toda a população feminina e lembrar essas mulheres que a prevenção é o caminho mais rápido para o tratamento e a cura do câncer”, concluiu Mazé.


TIMON: ACS recebem informações sobre a Planificação


A Regional de Saúde, em parceria com a Secretária Municipal de Saúde, por meio da Coordenação da Atenção Básica, realizou reunião com os Agentes Comunitários de Saúde. O encontro foi conduzido por técnicos da Secretaria Estadual de Saúde.

De acordo com a coordenadora da Atenção Básica, Laiana Sousa, a proposta da reunião com os profissionais foi discutir sobre o processo de Planificação no município, procurando esclarecer dúvidas, vantagens e melhoria de trabalho.

“A Planificação trata da reorganização de todos os serviços da atenção Primária, bem como da Atenção Especializada. Então estamos repassando para todos os profissionais esse processo para que possamos qualificar ainda mais os atendimentos”, explicou a coordenadora.  Fonte: Ascom/Sems



Nenhum comentário:

Postar um comentário