quarta-feira, 4 de outubro de 2017

Em assembleia geral, médicos do PI votam por paralisação de advertência nessa sexta-feira (06)

Médicos do Piauí reunidos em Assembleia Geral 

Médicos compareceram em peso na Assembleia Geral, realizada na noite da última terça-feira (02), no auditório do Sindicato dos Médicos do Estado do Piauí (SIMEPI), para debater a atual situação da categoria a nível estadual. Entre as reivindicações, continua a luta por piso salarial da Fenam, concursos, melhores condições de trabalho e respeito à classe médica, progressão automática e a humanização da regulação do SUS, que dificulta e massacra a população. Existe demora para os pacientes adquirirem SENHA para atendimento, mostrando a ineficiência da gestão e prejudicando principalmente doentes graves ou oncológicos.

Após votação, a categoria decidiu por Paralisação de Advertência nos serviços de atendimento nos hospitais do Estado, resguardando os casos de urgência e emergência. Os médicos se concentrarão em frente ao Ambulatório Azul do Hospital Getúlio Vargas, na manhã desta sexta-feira, 6 de outubro.

A classe médica, por meio do SIMEPI, está buscando um entendimento junto ao Governo do Estado. Já foi marcada nova Assembleia Geral na próxima terça-feira, dia 10, onde será avaliado os rumos do movimento.


Nenhum comentário:

Postar um comentário