terça-feira, 3 de outubro de 2017

TIMON: Alvoroço na base governista, Uilma pode concorrer e terá reeleição certa

Vereador Jair Mayner antecipa volta a Câmara Municipal 


Juarez Morais, Jair Mayner, Chagas Cigarreiro e Uilma Resende 
A base de sustentação política do prefeito Luciano Leitoa (PSB) parece mesmo estar dividida na Câmara Municipal de Timon – CMT quando o assunto é a eleição para a disputa da presidência da Casa. Por enquanto não há consenso, três vereadores já surgiram como pré-candidatos ao cargo, entre eles, Jair Mayner (PSB), Chagas Cigarreiro (PSB) e Juarez Morais (SD). Porém, informações de bastidores dão conta de que o atual presidente da CMT, Uilma Resende (PDT) vem demonstrando interesse em concorrer à reeleição. Se isto acontecer de fato, haverá uma quebra de acordo discutido na eleição passada, tendo ficado acertado que nenhum integrante da Mesa Diretora figurasse na chapa sucessora. Mas, o Regimento Interno da CMT permite a Uilma Resende o direito de pleitear à sua recondução ao cargo. A movimentação de Resende aumentou nas 48h. 

Segundo informações repassadas por fontes seguras, o vereador Juarez Morais estava transitando como favorito até o surgimento da possibilidade do presidente da CMT, Uilma Resende buscar novamente a reeleição. Diante disso, o desejo de Morais pode ficar distante podendo perder alguns apoiadores que estavam certos.

No grupo de oposição, por exemplo, Juarez Morais tem a simpatia de seis dos sete vereadores. Apenas o vereador Ramon Júnior (PP) corre por fora tentando emplacar sua pré-candidatura à presidência daquele Poder Legislativo Municipal. Em resumo: uma eventual pré-candidatura de Uilma Resende volta a discussão à estaca zero, ou seja, uma bagunça geral onde ninguém se entende mais.  Sem dúvida, isso é ruim para o prefeito Luciano Leitoa que passará a ter uma base desunida até o término do seu mandato.

JAIR MAYNER DE VOLTA  A CÂMARA  MUNICIPAL 

O vereador Jair Mayner (licenciado) para ocupar o cargo de secretário Municipal de Desenvolvimento Rural, disse ao Blog Ademar Sousa, que retornará a Câmara Municipal no início de janeiro de 2018. Nesse sentido, Mayner não abrirá mão da vontade de ser presidente da CMT. Para isso, ele terá que buscar votos suficientes visando garantir a eleição. Há quem diga que se depender do desejo do prefeito Luciano Leitoa, Jair Mayner seria o novo presidente da Casa. Agora, enfrenta resistência entre alguns aliados da base governista municipal.

Com o retorno do titular Jair Mayner à CMT, o suplente no exercício do mandato Leandro Belo arrumará as malas de volta a São Luís (MA). 



Nenhum comentário:

Postar um comentário