quinta-feira, 9 de novembro de 2017

MA: Ações e programas de Governo são destaques na maior feira multisetorial do Nordeste


As potencialidades de cadeias produtivas, como do gesso, avicultura, carne e couro, energia, além da exposição de programas e ações de Governo, serão destaque durante a maior feira multisetorial do Nordeste: a Expo Indústria Maranhão, que acontece de 08 a 10, no Multicenter Sebrae (Cohafuma), com entrada gratuita.

O evento, que tem corealização do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Indústria, Comércio e Energia (Seinc), e realização da Federação das Indústrias do Estado do Maranhão (Fiema), contará com espaço para a divulgação de programas como: Compras Governamentais do Maranhão, Maranhão Mais Produtivo, Mais Avicultura, além das ações voltadas ao adensamento de cadeias produtivas, como carne e couro, gesso, cerveja, energia.

Durante a feira, o público também poderá participar de oficinas com apresentação dos benefícios fiscais em vigor no Maranhão, com orientações práticas de como acessá-los (público alvo: empresários e contadores), sobre o Portal de Compras do Maranhão, com cadastramento durante todo o evento dos empresários interessados em fornecer para o Estado.

Será realizada também palestra sobre a Política de Desenvolvimento Produtivo Sustentável do Maranhão e o Lançamento do cadastro de fornecedores do Programa Mais Produtivo.

Na segunda-feira (6), o secretário da Seinc, Simplício Araújo, esteve com executivos da Fiema, visitando a montagem dos stands da feira. Para Araújo, o Maranhão terá a oportunidade de mostrar não só suas potencialidades, mas também, os trabalhos que estão sendo executados.

“Vamos mostrar as iniciativas voltadas a diversas cadeias produtivas que estão gerando bons resultados, nossos programas e prestando atendimento ao público que visitará a feira. Uma excelente oportunidade de mais uma vez mostrarmos o novo Maranhão que estamos construindo”, ressaltou.

Além da Seinc, a feira também contará com as ações da Junta Comercial do Maranhão (Jucema), do Porto do Itaqui, por meio da Empresa Maranhense de Administração Portuária (Emap) e do Instituto de Metrologia e Qualidade Industrial do Maranhão (Inmeq).

A expectativa é que sejam movimentados durante o evento, R$ 120 milhões em negócios. Com uma estrutura total de 11.482 m², a Expo Indústria será dividida em vários espaços, que abrigarão palestras, encontros de negócios, bate-papos, oficinas, workshops, estandes, painéis e serviços voltados a empresários, investidores, estudantes e o público em geral. Fonte: Ascom/Seinc 


Nenhum comentário:

Postar um comentário