segunda-feira, 19 de fevereiro de 2018

SSP/PI: Mirim Cidadão chega a Marcolândia, projeto atendeu 7 mil jovens em 2017

Termo de Cooperação foi assinado no último sábado (17)

A Secretaria de Estado da Segurança Pública instalou no último sábado (17) o Núcleo Mirim Cidadão na cidade de Marcolândia. Durante todo o dia educadores sociais foram capacitados pela equipe multiprofissional do Núcleo de Políticas Preventivas da SSP-PI, coordenados pela Capitã Enyra Viviane.

“Fechamos 2017 com sete mil crianças e adolescentes atendidas pelo Mirim Cidadão e agora em Marcolândia são mais 60 inseridos no projeto. Nosso objetivo é não perder nem mesmo 1% para a criminalidade e é por isso, por acreditar que Estado, Prefeituras e a sociedade, juntos, podem avançar em políticas públicas que livrem esta base da sociedade em vulnerabilidade social dos riscos das drogas, álcool e do mundo do crime. Vamos ampliar o Mirim Cidadão sem perder a qualidade”, afirmou o secretário de Segurança, Fábio Abreu.

“O Mirim Cidadão era um sonho nosso, após acompanhar o sucesso em outros municípios. Colocamos todo nosso secretariado e a comunidade para que possamos trabalhar. São 60 crianças e adolescentes divididos em quatro grupos. O sucesso também depende muito do esforço do município e se o prefeito não quiser não vai para frente. Em Marcolândia todos queremos e vamos ser modelo para o Piauí de um forte trabalho de prevenção”, afirmou o prefeito Chico Pitu.

A vice-prefeita de Marcolândia, Vanete Rodrigues, também participou da capacitação e confirmou que irá trabalhar voluntariamente no Mirim Cidadão do município como forma de apoio à formação de crianças e adolescentes. Toda a Câmara de Vereadores compareceu à solenidade, onde o tom dos parlamentares foi de apoio ao projeto.

Secretário de Segurança Pública, Fábio Abreu, durante sua fala

“Atendemos crianças e adolescentes de 7 a 17 anos, mas nosso objetivo é fazer com que mesmo depois que o adolescente deixe o Mirim Cidadão seja assistido para que possamos ter a realização plena do nosso objetivo. Queremos ter 100% de aproveitamento, sem perca de nenhum deles para a criminalidade. Nem as prefeituras, nem a Secretaria de Segurança seriam titulares, constitucionalmente falando, da responsabilidade de projetos sociais na área de segurança pública. Mas, temos esse dever de investir em prevenção e esta parceria é fundamental e tem tido muita aceitação. Queremos expandir para outros municípios”, concluiu o secretário Fábio Abreu. Fonte: SSP/PI 



Nenhum comentário:

Postar um comentário