quarta-feira, 21 de fevereiro de 2018

TIMON: Agentes de Endemias apresentam solicitações


Na manhã desta quarta-feira (21), os Agentes de Combate às Endemias (ACE) de Timon estiveram na Secretaria Municipal de Saúde (SEMS), para apresentar reivindicações que visam melhorias para a categoria.

Participaram do encontro o presidente do sindicato dos ACEs, Gleyson Setúbal, alguns representantes da categoria e o secretário municipal de Saúde, Marcio Sá. As solicitações foram conduzidas pelo presidente do sindicato que listou alguns temas a serem discutidos com o gestor de Saúde, entre os quais estavam: material para trabalhar no Lira, fardamento, transporte para o trabalho de campo, contratação de mais agentes de endemias para atuar, visitas na zona rural nos finais de semana, entre outros.


“Sabemos do esforço do secretário Márcio que sempre nos recebeu bem e escuta nossas reivindicações, tentando resolver nossas questões, mas como encontramos algumas dificuldades, viemos mais uma vez ter essa conversa, visto que todos esses pedidos visam a melhoria do nosso trabalho”, afirmou o presidente do sindicato.


O secretário de Saúde, Márcio Sá, destacou que é importante que os gestores construam constantemente essa linha de diálogo para otimizar os trabalhos e, desta forma, caminhar na mesma direção “Nossa política é a de valorização do servidor e o diálogo faz parte disso. Ouvimos todos os pontos que foram apresentados, a preocupação com o trabalho e vamos buscar meios de atender todas as reivindicações apresentadas”, afirmou o titular da Secretaria de Saúde.


Saúde trabalha palestras sobre a promoção em Saúde


A Secretaria Municipal de Saúde, por meio das coordenações do Núcleo Municipal de Educação em Saúde - NMES, Doenças e Agravos Não Transmissíveis - DANTs e Centro de Testagem e Acolhimento – CTA; vem realizando palestras que visam a promoção em Saúde da população.

Os funcionários da DISTAC Distribuidora receberam ontem (20), uma palestra sobre Infecções Sexualmente transmissíveis (IST), causadas por vírus, bactérias ou outros microrganismos.

Durante a ministração os participantes ficaram conhecendo as formas de transmissão e tratamento. De acordo com o enfermeiro, Francisco Formiga, que conduziu a palestra, as IST são transmitidas, principalmente, por meio do contato sexual (oral, vaginal, anal) sem o uso de camisinha masculina ou feminina, com uma pessoa que esteja infectada e também pode passar da mãe para a criança durante a gestação, o parto ou a amamentação. Ainda de acordo com o profissional, o atendimento e o tratamento são gratuitos nos serviços de saúde do SUS.

“Estamos trabalhando essa temática visando a prevenção em saúde das pessoas. O tratamento das pessoas com IST, por exemplo, melhora a qualidade de vida e interrompe a cadeia de transmissão dessas infecções”, disse Formiga.

A terminologia Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST) passou a ser adotada em substituição à expressão Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST), já que destaca a possibilidade de uma pessoa ter e transmitir uma infecção, mesmo sem sinais e sintomas.

Hoje (21) foi a vez dos funcionários da CEMAR que participaram de uma palestra sobre Álcool e Direção, enfatizando as consequências que ela pode trazer para o usuário do trânsito.

“Alertar sobre o problema do álcool na condução, é algo bastante importante, tendo em vista que essa é uma mistura bastante perigosa. Então, as coordenações estão de parabéns por trabalhar temas que objetivam a prevenção em Saúde, evitando o aumento de índices de doenças ou acidentes”, arrematou o secretário municipal de Saúde, Marcio Sá. Fonte: Ascom/Sems 



Nenhum comentário:

Postar um comentário