quarta-feira, 7 de março de 2018

TIMON: Bate-boca termina com vereadora sendo levada passando mal para hospital de Teresina


A vereadora Cláudia Regina passou mal e foi levada para hospital de Teresina após desentendimentos em plenário. Mais uma vez, o efeito da não realização da eleição da Mesa Diretora da Câmara de Timon causou estragos

Vereadora Cláudia Regina

A falta de entendimentos entre os vereadores da base de apoio ao prefeito Luciano Leitoa (PSB) na Câmara Municipal de Timon, na Região dos Cocais, depois da precipitada antecipação da eleição da Mesa Diretora daquele Poder que ainda não se concretizou de fato vem prejudicando a normalidade das sessões ordinárias em apenas dois dias da semana: segunda e quarta-feira.

Hoje, o Blog do Ludwig destacou que o clima na Câmara de Vereadores de Timon desde o dia em que resolveram suspender a realização da eleição da Mesa Diretora – uma antecipação da antecipação – e com isso, impedindo de finalizar de uma vez por todas um tema desgastante entre os parlamentares, as sessões nunca mais foram as mesmas. E na verdade, algumas nem foram realizadas. Por exemplo, a sessão desta quarta-feira (07), estava prevista para acontecer dentro da normalidade, inclusive, contando com quórum obrigatório podendo ocorrer a realização da Ordem do Dia, mas, eis um desentendimento entre os vereadores, o vice-líder do governo Leitoa, Juarez Morais (SDD) e a professora Cláudia Regina (PMB) fez com que o clima voltasse a ficar tenso causado por um bate-boca entre os dois parlamentares do Poder Legislativo Mirim.

Após a discussão entre os dois parlamentares citados acima, a vereadora professora Cláudia Regina veio a passar mal e de imediato foi levada para um hospital de Teresina (PI). Após isso a informação chegou ao plenário com o anúncio da suspensão da sessão por parte do presidente da Câmara, vereador Uilma Resende (PDT).

SITUAÇÃO INSUSTENTÁVEL

"Insustentável", essa palavra foi dita na manhã de hoje por um vereador ao Blog do Ludwig ao resumir o que vem acontecendo na Câmara de Timon nos últimos dias por falta de entendimentos. E quem assiste as sessões tem ouvido muito também que a situação crítica em que passa o Parlamento timonense já implica na governabilidade da Casa Legislativa.


Nenhum comentário:

Postar um comentário