segunda-feira, 23 de abril de 2018

Dedé do Povo protesta contra o projeto do prefeito Luciano Leitoa que quer obrigar o comércio a funcionar aos domingos

Presidente do SECTIPAM, Dedé do Povo 

O presidente do Sindicato dos Empregados no Comércio dos Municípios de Timon e Região Leste do Maranhão – SECTIPAM, Valdeilson da Costa e Silva, o Dedé do Povo, na tarde desta segunda-feira (23), reagiu com indignação diante da informação de que o prefeito de Timon (MA), Luciano Leitoa (PSB) quer a aprovação imediata do projeto de lei que tramita na Câmara Municipal obrigando o funcionamento do comércio aos domingos.

Dedé do Povo entende essa decisão do prefeito Luciano Leitoa como uma intromissão onde lhe diz respeito. Para ele, a livre negociação entre patrões e empregados já garante essa negociação, onde as partes sentam e acordam sobre o domingo, oportunidade onde o trabalhador e a trabalhadora quando trabalham nesse dia tem a garantia de receber um determinado valor, bem como a garantia da folga na semana.

“Essa medida do prefeito Luciano Leitoa representa um retrocesso para a classe trabalhadora no comércio e vai de encontro às garantias já asseguradas na Convenção Coletiva de Trabalho entre os representantes das categorias de trabalhadores e empregadores. Isso é um absurdo, ele quer prejudicar os comerciários de maneira geral que trabalham em Timon”, disse o presidente do SECTIPAM, Dedé do Povo, ao Blog Ademar Sousa.

Dedé do Povo divulgou na tarde desta segunda-feira (23), uma nota de protesto:  


Um comentário: