sexta-feira, 25 de maio de 2018

Luciano Leitoa é acusado de usar estrutura do governo para prejudicar vereador Ramon Júnior nas redes sociais

Vereador Ramon Júnior se diz vítima de ataques por partidários de Leitoa 

Em rápida entrevista ao Blog Ademar Sousa, no início da tarde desta sexta-feira (25), o vereador Ramon Júnior (PP), disse que está sendo vítima de ataques mentirosos e falsos nas redes sociais. Inclusive, alguns prints das postagens com conteúdo agressivo foram encaminhados à redação deste blog por internautas.

Entretanto, Ramon Júnior admite que após análise criteriosa chegou à conclusão de que as postagens feitas contra a sua pessoa são feitas por servidores comissionados da Prefeitura de Timon, notadamente indicados pelo atual prefeito Luciano Leitoa (PSB). Para ele, os comentários nas redes sociais tem cunho politico visando criar uma imagem negativa de sua atuação parlamentar junto à população de Timon.  

Como se sabe, Ramon Júnior vem se destacando com discursos firmes na defesa da sociedade e, sobretudo, agindo sempre na legalidade e cobrando os direitos dos servidores públicos e da população como um todo. Sem dúvida, isso vem incomodando bastante à militância politica do grupo liderado pelo prefeito Luciano Leitoa que não admite às críticas contundentes diante das denúncias de desmandos administrativos em sua gestão.  O parlamentar confidenciou que recebeu informações dando conta de que os militantes a serviço de Leitoa se reúnem todos os dias a partir das 19h, onde planejam e executam ações nas redes sociais para atingir a sua pessoa, assim como sua postura independente na Câmara Municipal de Timon.

 Ao longo de quase um ano e meio de mandato, o vereador Ramon Júnior levantou a bandeira em defesa dos garis que, segundo ele, vivem em condições sub-humanas com constantes atrasos salariais. Por conta disso, ele promoveu recentemente audiência pública com autoridades representantes da Procuradoria Geral do Trabalho com a intenção de encontrar uma solução para a humanização da mão-de-obra dos garis do município de Timon.  Logo  após essas medidas, os ataques foram intensificados nas redes sociais,  atingindo também até o seu pai, o  empresário Ramon Alves que doou ônibus para que os representantes do Sindicato Estadual dos Garis viessem a Timon representar a classe. No entendimento dos aliados do Governo Leitoa, o empresário Ramon Alves agiu errado. Será? Com a palavra a opinião pública?

Ainda durante a entrevista com o vereador Ramon Júnior, por telefone, ele disse que já foi vitima de Luciano Leitoa na época da implantação da empresa Timon City, ocasião que eles usaram os mesmos artifícios para mudar o pensamento da população sobre a quebra do monopólio do transporte público dizendo que queríamos fazer politicagem, tão logo vencemos uma luta travada entre o bem e o mal e como sempre o bem  vence o mal,  a Timon City ficou trabalhando para o povo timonense dando exemplo para empresas da capital Teresina,  utilizando veículos novos, com ar-condicionado e tarifa social.

 “Nunca vi jogar pedras em arvores  secas e agora já vi muitos jogarem pedras em arvores com frutos”, assim finalizou o vereador Ramon Júnior, dizendo que irá tomar as devidas providências em relação aos ataques.

Um comentário:

  1. Por falar na Timon City ta bom de ligar o Ar-condicionado dos ônibus. Porque de 9hrs em diante o ônibus parece mais um forno. Quente demais da conta. Sendo que no tempo que a passagem era R$ 3,00 o ar era ligado ai aumento e desligaram o ar. Não da pra entender.

    ResponderExcluir