sábado, 30 de junho de 2018

Jornalista Feitosa Costa se afasta da TV para concorrer a uma vaga na Câmara Federal pelo PRTB


“Eu considero que o deputado federal trabalha para legislar. [Pretendo] fazer leis que possam modernizar o país e, acima de tudo, dar exemplo para a juventude”, destacou o jornalista

Jornalista Feitosa Costa, da TV Antena 10 Foto: Divulgação

O jornalista Feitosa Costa, da TV Antena 10, se afastou dos programas que participava na emissora para concorrer a uma vaga na Câmara dos Deputados. Segundo informou ao OitoMeia, a pré-candidatura a deputado federal está confirmada pelo PRTB.

“Já estou afastado [da TV] para concorrer como pré-candidato a deputado federal”, pontuou Feitosa à reportagem ao explicar, ainda, qual será a sua principal luta na Câmara. “Eu considero que o deputado federal trabalha para legislar. [Pretendo] fazer leis que possam modernizar o país e, acima de tudo, dar exemplo para a juventude”, destacou o jornalista.

O PRTB no Piauí é presidido pelo deputado estadual Fernando Monteiro. Atualmente, a sigla está na base governista e deve permanecer como tal, segundo Monteiro disse à imprensa em outra oportunidade.

Quanto às proporcionais, segundo o jornalista informou, o partido deve se juntar a outros emergentes para disputar os cargos de deputado federal e estadual. Mas não dar mais detalhes porque é uma decisão que está sendo tomada pela direção do partido.

“Eu não tenho certeza [sobre a chapinha]. É a direção do partido quem está encaminhando tudo. Sei que o desejo do Monteiro é fazer uma chapa pequena, com partidos emergentes”, concluiu o jornalista.

PRÉ-CANDIDATOS DEVEM SE AFASTAR DA TV


A partir deste sábado (30), as emissoras de rádio e televisão não poderão transmitir programas apresentados ou comentados por pré-candidatos às eleições gerais deste ano. A data está prevista no calendário eleitoral, aprovado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Segundo a Lei nº 9.504/1997, Artigo 45, Parágrafo 1º, a partir desta data, é vedado às emissoras de rádio e de televisão transmitir programa apresentado ou comentado por pré-candidato, sob pena, no caso de sua escolha na convenção partidária, de imposição de multa à emissora e de cancelamento do registro da candidatura.

O primeiro turno das eleições está marcado para o dia 7 de outubro e o segundo turno, para 28 de outubro. Os eleitores vão às urnas para escolher presidente, governador, senador, deputados federais e estaduais/distritais. Fonte: OitoMeia

Nenhum comentário:

Postar um comentário