terça-feira, 5 de junho de 2018

MA: Acontece em Timon a 2ª etapa das oficinas de Planificação da Atenção à Saúde



Com a implantação da Planificação da Atenção à Saúde em Timon, os profissionais do município passam por oficinas teóricas sobre o novo sistema que já foi implantado, desde de agosto de 2017, em 03 Unidades de Saúde (Parque União, Parque Alvorada e CAIC) e que agora será estendido a todas as demais unidades.

A segunda etapa das oficinas ocorreu na manhã desta terça-feira, no IESM, e os participantes frequentarão durante dois dias (05 e 06) das exposições teóricas que visa desenvolver habilidades e competências dos profissionais de saúde e gestores, tendo a meta de reestruturar a Atenção Primária à Saúde e a Atenção Especializada e garantir à população acesso aos serviços com qualidade, humanizado, equidade e resolutividade.


Este trabalho de capacitação é desenvolvido nos quatro municípios atendidos pela Região de Timon (Parnarama, Matões, São Francisco e Timon). “A planificação tem o objetivo de organizar a Atenção Básica e envolve todos os profissionais (médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, odontólogo, auxiliar de Saúde Bucal, Agente de Saúde, Vigias, zeladores, auxiliar administrativo e Agente de endemias). A planificação promoverá uma organização dos serviços, onde as pessoas vão poder ser atendidas nas Unidades Básicas de Saúde, com horário marcado, reduzindo as filas. A Atenção Primária é a ordenadora dos serviços, é a porta de entrada, e com a planificação teremos um avanço, reduzindo os gastos que se tem com a média e a alta complexidade”, explicou o secretário municipal de Saúde, Marcio Sá.


O projeto é do Governo do Estado do Maranhão e ocorre no município através da Secretaria de Estado da Saúde/ Unidade Regional de Saúde de Timon e apoio do Conselho Nacional de Secretários de Saúde – CONASS. 


Secretaria Saúde acolhe estagiários de Psicologia


Na manhã desta terça-feira (05), a Secretaria Municipal de Saúde de Timon (SEMS) recepcionou os novos estagiários do curso de Psicologia da Faculdade Santo agostinho, que irão atuar nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) e nos CAPS Adulto, Infantil e Álcool e Drogas.

“O período do estágio, por meio da Extensão em Psicologia Comunitária, será um momento de troca e aprendizagem. Os alunos poderão identificar as expressões da questão social presentes nos diferentes espaços ocupacionais, para posterior intervenção na realidade da comunidade, no sentido de prevenir e realizar promoção em saúde, juntamente com nossas equipes da Estratégia de Saúde da Família e de Saúde Mental, por meios dos CAPS”, informou a assistente social do setor de Planejamento em Saúde e responsável pelos estágios curriculares, Violêta Nolêto.


O secretário municipal de Saúde, Marcio Sá, apresentou a Rede de Atenção Municipal, destacando a missão que os estagiários precisam ter que é atender bem os usuários. Ainda durante o seu discurso, o gestor falou da importância dos investimentos na Atenção Básica para a melhoria da saúde no município de Timon, que tem sido um compromisso da gestão. “A prefeitura vem firmando essas parcerias com várias faculdades, onde essas instituições entram com a contrapartida de materiais para uso dos próprios estagiários e estes contribuem com os serviços de Saúde. Então, o município ajuda na formação desses alunos e recebe em troca o conhecimento que eles adquirem em sala de aula”, arrematou o gestor de Saúde.

Para a estagiária de Psicologia, Bianca Coutinho, do 6º período, a importância da oportunidade de vivenciar o estágio “é poder conhecer de perto a atuação do psicólogo, sair da teoria e conhecer mais esse trabalho direcionado para a comunidade, em conjunto com a equipe multiprofissional. Estamos ansiosos para começar e aproveitar esse momento como uma experiência enriquecedora”, pontuou.

No ano de 2017 a extensão em Psicologia Comunitária atendeu 8.200 usuários. O professor Emanoel Lima, professor de Psicologia da FSA, agradeceu ao município pela receptividade e acolhida aos estagiários e destacou a importância de se estudar o SUS em sala e, os estagiários nos primeiros períodos do curso, ter a oportunidade de se aproximar da saúde pública de Timon. Fonte: Ascom/Sems 




Nenhum comentário:

Postar um comentário