terça-feira, 18 de setembro de 2018

Luciano Leitoa sofre críticas com atrasos de salários na Prefeitura de Timon


A expressão “filho de peixe, peixinho é”, muito comum no nosso dia a dia, significa que alguém é muito semelhante ao pai, em aparência ou personalidade. Foi o que quis traduzir um servidor bastante chateado, que pediu reserva do seu nome, ao comparar o atraso de salários ocorrido na gestão do ex-prefeito Chico Leitoa (PDT), pai do atual prefeito Luciano Leitoa, que vem atrasando também salários dos servidores barnabés.
Luciano Leitoa (PSB), aliado do governador Flávio Dino 

A gestão do prefeito de Timon, Luciano Leitoa (PSB), enfrenta críticas e bombardeios em relação ao atraso de salários dos servidores terceirizados que foram contratados pela empresa Mega-On Soluções Ltda, de Teresina (PI), que são lotados em alguns órgãos da administração municipal. Há quem diga nos bastidores que esses trabalhadores estão sem receber salários há pelo menos dois meses e, com isso, passam sérias dificuldades financeiras.

Muitos desses servidores ligam para as redações dos portais e blogs dando detalhes sobre a questão do suposto atraso salarial. Mas preferem não serem identificados temendo represálias por parte do atual gestor municipal.  O descaso é sério e preocupante, pois causa uma situação de dúvidas quanto a data do pagamento, até porque, na empresa Mega-On Soluções Ltda, ninguém informa precisamente quando será de fato creditado o dinheiro nas contas dos servidores prejudicados. A situação se arrasta há várias semanas sem informações concretas.


Nesse sentido, os servidores querem que o prefeito Luciano Leitoa venha a público prestar esclarecimentos diante da falta de pagamento. Isso reflete na falta de boa prestação de serviços à população de Timon, visto que não há estimulo sem dinheiro no bolso pelos servidores terceirizados. Assim, desta forma, o Governo Leitoa não passa por bons momentos, já que existem críticas em relação a quase toda a máquina administrativa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário