segunda-feira, 11 de fevereiro de 2019

Ramon Júnior preside sessão da Câmara de Timon e corta ponto de vereador faltoso

Vereador Francisco Torres (MDB)

A coisa mudou. Pela primeira vez parece que as coisas estão sendo tratadas com seriedade na Câmara Municipal de Timon. Na sessão plenária desta segunda-feira (11), presidida pelo presidente em exercício vereador Ramon Junior (Progressistas), foi colocado falta e será descontado do subsídio do colega Francisco Torres (MDB) por não ter ido participar dos trabalhos legislativos. Assim, o presidente em exercício Ramon Júnior não deu mole e fez cumprir o regimento interno da casa cortando o ponto.


Francisco Torres saiu recentemente derrotado na eleição para presidente da Mesa Diretora da Casa, apoiado pela base política do prefeito Luciano Leitoa (PSB).

 Por sua vez, Ramon Júnior lembrou que uma das várias propostas de Torres era algemar os “vereadores bagunceiros” naquele Poder, caso tivesse sido eleito.

O líder do Governo na Câmara, vereador José Carlos Assunção(PSB) não concordou com o presidente em exercício Ramon Júnior, e até pediu que reconsiderasse a falta de Torres, mas Ramon não acatou e manteve a falta.]

"A verdade é que são apenas dois dias na semana e o vereador ainda falta, e pior o líder do governo Leitoa acha normal e que poderia ser reconsiderado a ausência sem justificativa do vereador Francisco Torres”, lamenta Ramon Júnior.


Nenhum comentário:

Postar um comentário