quarta-feira, 27 de março de 2019

PI: Ministério Público investiga pagamento e transferência de preso para receber visita íntima

O preso Rogério Matos da Luz, conhecido como Batman, teria pago R$ 15 mil para ser transferido para a Penitenciária José de Ribamar Leite de Teresina para receber visita íntima.

Por Catarina Costa, G1 PI

Rogério Matos da Luz, preso no Piauí 
O Ministério Público convocou os agentes envolvidos na transferência de um preso de Altos para Teresina, supostamente para uma visita íntima. Três agentes penitenciários da Casa de Detenção Provisória de Altos foram convocados para prestarem depoimento na manhã desta quarta-feira (27) na Promotoria de Justiça da cidade. Além deles, dois chefes de plantão da Penitenciária José de Ribamar Leite também serão ouvidos através de carta precatória em Teresina

O Ministério Público investiga denúncias de que o preso Rogério Matos da Luz, conhecido como Batman, teria pago R$ 15 mil para ser transferido para a Penitenciária José de Ribamar Leite de Teresina para receber visita íntima.


O documento assinado pelo diretor prisional de Teresina confirma a chegada do preso no dia 19 de março. Ele teria recebido a esposa para visita íntima no dia seguinte, 20 de março, e retornou para a Casa de Detenção Provisória de Altos na mesma tarde.

Rogério Matos responde por tráfico de drogas, formação de quadrilha, assalto a banco e outros crimes.

O Tribunal de Justiça do Piauí informou por meio de nota que não autorizou a transferência do preso para visita íntima. A Secretaria de Justiça não quis se posicionar sobre o caso.

"Nos mais, eles têm informação é que no dia seguinte o preso retornou, e é algo que a gente vai ter que apurar nas investigações para entender como um preso foi transferido no dia 19, por motivo de segurança, e no dia seguinte ele volta para a mesma unidade penitenciária. É algo que nós precisamos esclarecer, ainda mais porque nesse período ele recebeu visita íntima", disse o promotor Paulo Rubens.




Nenhum comentário:

Postar um comentário