quarta-feira, 20 de março de 2019

TIMON: Alunos da zona rural reclamam nas redes sociais sobre as irregularidades no transporte escolar


Manifestação de alunos e internautas nas redes sociais 

Existem reclamações de toda ordem nas redes sociais, principalmente no Facebook e WhatsAppp em relação a falta da prestação de serviços no tocante ao transporte escolar dos alunos da zona rural de Timon. Com isso, os alunos que moram nos povoados Barraca, Água Limpa, 89, Roncador e Onça, estão sendo prejudicados pela falta de transporte escolar (público). Alguns deles são obrigados a pagar diariamente R$ 8,00 pela passagem em transporte particular para não ficarem sem assistir às aulas. Enquanto isso, outros alunos não podem pagar a tal passagem. E isso gera problemas sérios aos estudantes e professores em seus deslocamentos.

Nesse sentido, os alunos cobram uma posição (solução) do prefeito de Timon, Luciano Leitoa, e da secretária Municipal de Educação, Dinair Veloso, diante dessa situação desagradável.

A irregularidade na prestação dos serviços no âmbito do transporte escolar já virou até escândalo na mídia, apontando a empresa LC Transporte Escolar Ltda, a Locar, e o seu proprietário Luiz Carlos Magno Silva, que foi acusado de não cumprir rigorosamente o contrato com a Secretaria Municipal de Educação oferecendo transportes de qualidade aos alunos. Por conta disso, o caso está tramitando na Vara Federal Cível e Criminal da Subseção Judiciária de Caxias, depois da manifestação do Ministério Público Federal sobre as irregularidades.


Nenhum comentário:

Postar um comentário