sexta-feira, 24 de maio de 2019

MATÕES: Suposta crise na base aliada pode causar rompimento da família Pereira com Ferdinando Coutinho



Em alguns municípios brasileiros a pauta sobre as Eleições 2020, já começa a dominar as rodas de bate-papo entre políticos e simpatizantes. Em Matões, na Região dos Cocais maranhenses, por exemplo, não poderia ser diferente. Lá, o povo respira política o tempo todo. Por isso, as articulações e conversas em torno da sucessão do prefeito Ferdinando Coutinho (PSB) vem ganhando espaço no cotidiano daquela cidade.

Como se sabe, aliados do casal Rubens Pereira, o Rubão e Suely Torres Pereira, que exerceram a Chefia do Executivo em períodos diferentes estão insatisfeitos com a atual gestão de Coutinho e, em particular com o próprio. Segundo relatos de fontes fidedignas, dentro da base comandada por Rubão, que além de prefeito foi deputado estadual por algumas legislaturas e ocupou outros cargos importantes, há um sentimento de indignação e revolta. Alguns partidários mais ousados até defendem um “rompimento já”, com o prefeito Ferdinando Coutinho diante da suposta traição. Eles entendem que Ferdinando quebrou a fama de “homem de palavra”, ao dar início a pré-campanha visando a reeleição. Em 2016, dizem que foi feito um acordo para Ferdinando não sair candidato em 2020. Durante a campanha eleitoral, há quem diga que o atual prefeito dizia em “alto e bom som” publicamente que não iria disputar a reeleição. Agora, mudou de opinião. Exatamente isso lhe custou ser considerado “traidor”. O distanciamento dele e a falta de boa relação com aliados próximos de Rubão vem contribuindo nessa crise na base governista municipal.

Diante desse fato, muitos acreditam que a família Pereira poderá mudar de rumo. Enquanto isso, o nome da ex-prefeita Suely Torres Pereira voltou a ser lembrado em um eventual embate. Outros apostam na possibilidade da jovem Camila Torres, filha do casal Rubens Pereira e Suely ser a pré-candidata a prefeita por uma linha independente. Neste caso, essa briga favorecerá o principal líder da oposição Gabriel Tenório, o segundo colocado na eleição de 2016, perdendo para Ferdinando Coutinho. E não duvide: em política tudo é possível. Quem sabe, Camila Tores poderá ser a candidata a vice na chapa de Gabriel Tenório, um jovem advogado militante que ganhou o respeito da população de Matões. Tenório figura como forte candidato a prefeito no próximo ano. Segundo consta, ele aparece bem pontuado em pesquisas de intenção de voto.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário