quarta-feira, 12 de junho de 2019

OAB revela precariedade do CAPS AD III de Caxias



CAPS AD III de Caxias, incapaz de prestar um serviço nos termos da lei, segundo a OAB

A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), por meio da Subseção de Caxias (OAB/MA), fez vistoria surpresa na unidade do Centro de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas de Caxias.  Localizado no bairro Ponte, O CAPS AD III foi motivo de inúmeras denúncias de usuários e familiares que procuraram a OAB para relatar a precária situação do local. Na quinta-feira (06), uma equipe da Comissão da Saúde da OAB de Caxias, presidida pelos advogados Wellington Nascimento e Dayana Moura, esteve na unidade de saúde para verificar in loco as denúncias.

De acordo com o relatório da Comissão da Saúde da OAB, foram identificadas uma série de irregularidades no CAPS AD III, que vão do ar-condicionado defeituoso, passando pela sala de atendimento médico em péssimo estado de conservação, e ausência de médico, psicólogo ou nutricionista, durante a inspeção feita pelos advogados.

No total, o relatório da Comissão da Saúde da OAB de Caxias aponta 10 graves irregularidades observadas durante a inspeção ao CAPS AD III. E, ao final, conclui que atualmente a unidade inspecionada não é capaz de prestar um serviço nos termos da lei. “Faltam materiais básicos como: camas, lençóis, banheiros, material de escritório, etc...”, atesta o relatório.

De acordo com o que foi relatado, toda a inspeção feita pela Comissão da Saúde está documentada, também, em vídeo.

Veja a íntegra do relatório aqui, aqui e aqui.

OUTRO LADO

O Blog não conseguiu ouvir os gestores responsáveis pela área. O espaço fica à disposição da Secretaria Municipal de Saúde, caso entenda ser necessário prestar algum esclarecimento sobre o fato acima narrado. (Com informações do Blog do Ricardo Marques). 


Nenhum comentário:

Postar um comentário