segunda-feira, 5 de agosto de 2019

Vereador Anderson Pêgo assume vice-liderança da oposição e acusa colega de receber R$ 13 mil para votar projetos do Governo Leitoa

Vereador Anderson Pêgo (PSDB)

O vereador Anderson Pêgo (PSDB) assumiu nesta segunda-feira (05), a posição de vice-líder da oposição na Câmara Municipal de Timon, em substituição ao colega Adão Tavares, o Adão da Ceasa, que aderiu supostamente a base de sustentação política ao prefeito Luciano Leitoa (PSB) naquele Poder.

Mais uma vez, Anderson Pêgo com o seu gogó afiado fez acusações graves levantando suspeita de que o parlamentar Adão da Ceasa eleito no grupo de oposição se vendeu por R$ 13 mil visando votar favoravelmente projetos de interesse do governo municipal na Câmara. “Não se admite vereador receber R$ 13 mil em casa. Está tudo gravado, vereador recebeu R$ 13 mil em casa para votar projetos do prefeito Luciano Leitoa aqui”, acusa o vereador Anderson Pêgo fazendo ainda insinuações de que dois parlamentares poderão perder seus mandatos. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário